} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


What Would You Say

Conheço uma acéfala que está fazendo um daqueles cursos de inglês tabajaras, saca aquele que te dão uma pastinha linda, vermelha, azul e branca, cd-roms, cheio de promessas e aí eles te enrolam e você sai sem aprender nada? Pois é...Apesar que eu acho que uma pessoa como ela que um dia me perguntou “Se o que estourava era o raio ou o trovão”, me faz pensar que ela vai ficar uns 3 anos no verbo “to be”.

 

Anyway, ela estava super preocupada com o lance de pronúncia britânica com americana. Pessoalmente acho isso uma tremenda bobagem. Lógico que existem diferenças, assim como se eu for falar com um gaúcho vai ser diferente do que com um cearense. Só que não é nenhum bicho de sete cabeças, acho que fazem muito escândalo por pouca coisa nesse assunto. O inglês britânico é mais fácil de entender e o americano de tanto sermos bombardeados através de músicas e filmes nos soa familiar mesmo.

 

Agora a porca torce o rabo quando se encontra pessoal de outros países. Algum tempo atrás fui conversar com o Phill Campbell, guitarrista do Motorhead, e o cara é do País de Gales. Cacete, que pronúncia era aquela?? Terrível !!! Isso sim é complicado.

 

Um amigo me chamou a atenção sobre a pronúncia da islandesa Bjork. Na época do Subercubes ela tinha uma pronúncia inglesa muito boa e agora quando se ouve uma entrevista atual é difícil entendê-la, mesmo ela residindo na Inglaterra á anos.

 

O sotaque escocês também não é mole. Tudo tem um “R” muito forçado “Prrrrrrroblems” por exemplo! Tenho um cd ao vivo do Fish onde ele conta uma piada, que tive que ouvir umas 5 vezes pra entender metade do que ele falava.

 

 

Agora não existe pra mim sotaque pior que Neozelandês!!! Quem quer tirar a dúvida aluguem um filme chamado “Navigator”. Gente aquilo parece qualquer língua menos inglês, parece um dialeto. Eu não entendia bulhufas.

 

Muita gente entra em cursos de línguas procurando a “pronúncia perfeita” isso não existe, uma mesma língua varia tanto de um lugar para o outro que a primeira regra é desencanar, fazer um curso consistente que te dê uma boa base, ter vocabulário e ouvido bom. Ficar esquentando se alguém reclamar que sua pronúcia é ruim você sempre pode falar que é inglês neozelandês he,he,he.

 

Cheers

 

Hank

 


Som do dia: “What Would You Say” do Dave Mattews Band. Sempre gostei desses caras e o Sul Africano, Dave Mattews também tem uma pronúncia bem peculiar he,he,he.




- Postado por: Hank Chinaski às 08h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Hard Road

Sábado como já havia contado fomos para o “evento carnístico matrimonial” do meu amigo, como o troço foi em um sítio na Serra da Cantareira, nós sabiamente alugamos uma Van, pois desse jeito ninguém teria que dirigir bêbado de volta. “The Drunken Van” foi uma atração á parte, tava pior que excursão de ginásio he,he,he. A diferença é que a média de idade era 35 anos excluindo as crianças. Não faltou nem a musiquinha infeliz “motorista, motorista, olha o poste, não é de borracha...”

 

Vocês se lembram das excursões de colégio? Normalmente o ônibus já era uma festa! Aquele lance de mexer com todo mundo na rua, aquela baita farra. Aí a gente chegava em um lugar geralmente mais chato que a viagem e tinha que ficar ouvindo o Hino Nacional por algum motivo que você nem sabia!! Eu me lembro de uma por exemplo que era pra comemorar a golpe militar, argh!!!! Lavagem cerebral pura.

 

Trabalhei em um lugar que todo ano eles pegavam todo mundo e levava pra passar um fim de semana em Penedo. Era legal, mas o que todo mundo lembra é que um casal fumou um back antes da viagem de volta, ficaram dando uns ralos dentro do ônibus e sem a menor cerimônia a garota fez um “blow job” no cara na frente de todo mundo. Nem precisa falar que o cartão deles não tava na chapeira na segunda-feira né? Há, Há. Há.

 

Eu fui em uma excursão uma vez para o Oktoberfest que foi uma pérola. O legal é que tinha bebida a rodo pra agüentar as 10 horas de viagem. Todo mundo bebeu como uns porcos e eu só lembro de ter desmaiado na poltrona do lado de uma amigo bêbado e quando acordei a uma amiga tinha arrumado uma e colocado uma amiga encalhada do meu lado com a esperança que eu bêbado ficasse com ela!!! Golpe sujo! Acordei de ressaca e puto! E ainda bem que o plano dela falhou, ufa!!!!

 

Depois dessa viagem nunca mais encarei “excursões”, sempre encarei ir em ônibus de viagem normal. Nessa excursão foi engraçado porquê prometeram um hotel próximo a praia. Que ficava a uns 5 Km na verdade, os quartos pareciam campo de concentração com uns 10 beliches, um banheiro e a “piscina” parecia mais um viveiro pra patos!! Agente ria muito com a situação da barca furada !!! Ainda bem que eu tava lá era pra beber mesmo e foda-se o resto.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Hard Road” do LP “Never Say Die” do Black Sabbath.




- Postado por: Hank Chinaski às 10h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Stars

No meu pessoal tudo termina em churrasco, qualquer coisa é motivo pra sacrificar um bovino  e enviá-lo para o fogo. Se é seu aniversário faz-se um churrasco, assistir olimpíadas? Churrasco. Futebol? Churrasco. Até fizemos “churrasco de sétimo dia” em homenagem á um amigo.

 

E o bando de “comedores de capim”, como gentilmente chamamos a parcela vegetariana? Logicamente sempre colocamos uns peixinhos na brasa e como não sou besta como o boi e o peixe, he,he,he.

 

Amanhã vai ter mais um desses churrascos. Um churrasco de casamento!!!! Ao invés de ouvir um padre chato falando aquela mesma lenga, lenga de sempre. Vou estar num gramado, segurando uma lata de cerveja e ao invés daquela frase tradicional: “Fulano aceita fulana blá blá bla´....” ouvirei “Quem quer picanha?????” Isso é música para os meus ouvidos he,he,he.

 

O noivo chegou pra mim e perguntou; “Cara pra levar um cara do cartório pra casar no civil eu ia gastar uma grana que ia dar pra comprar 56 caixas de cerveja. De acordo com o novo código civil se você ta cinco anos com uma pessoa você ta casado, e isso já to. O que você prefere? %¨caixas de cerveja ou um papel?” Nem precisa falar qual foi minha resposta né????

 

Esse casal é sensacional. O noivo é o Nenê Português, ele foi personagem de vários posts lidos aqui: O que falava das festas adolescentes, várias foram na casa dele. Foi com ele que expulsei o demônio á tapa. Foi com ele que aprontava um montão no colégio. Isso á 24 anos atrás. Hoje somos mais que amigos, é meu irmão.

 

A noiva é a Lú. Ela conseguiu dobrar aquele burro velho, um dos caras mais teimosos que conheço. Logo que a conheci logo vi que ela era a “tampa da panela” dele. Ela conseguia fazer com que ele aproveitasse melhor a vida e sempre esteve do lado dele nos momentos difíceis. Ela é demais, grande amiga também.

 

Só sei que amanhã vou estar talvez bêbado demais pra desejar-lhes felicidade então aproveito pra falar agora que estou sóbrio!!!!

 

Cheers,

 

 

Hank


 

Som do dia: “Stars” do Nazareth, uma das músicas favoritas do Gajo!


 



- Postado por: Hank Chinaski às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




We are the Champions

Hoje o Palmeiras faz 90 anos e me fez recordar que essa praga me persegue a vida toda, mais até que o Corinthians, time mais odiado entre 7 em cada 10 são-paulinos. Essa birra vem desde criança. Uma família de italianos já pode esperar o que dá: Nasce e já ganha uma camisa verde e já aprende que ninguém com sobrenome com “GN” no meio do nome pode torcer para o Corinthians. Só que como meu pai não ligava pra futebol fui pro lado do meu tio, que era a “ovelha negra, vermelha e branca” da família. Então sempre fui praticamente sozinho contra toda a família.

 

Pelo perfil da torcida palmeirense e da são-paulina serem parecidas a maioria dos meus amigos também torcem para esse time. Se me livrei da família, não consegui me livrar dos porcos que são uns 60 % da turma. Mas o Palmeiras me deu alegrias sim, como os títulos que ganhamos em cima deles e a final do Mundial em 99, quando eles perderam para o Manchester United e meu primo estava lá, presente para ver o time dele ser humilhado e ele ter que voltar com o rabinho entre as pernas. Isso eu chamo de mico-intercontinental he, he,he.

 

Me lembro que quando o São Paulo ganhou os Mundiais. No primeiro fizemos uma festa para ver o jogo, em que nem namoradas que não torciam pelo time poderiam participar. Acho que nunca fiquei com tanto medo por causa de um jogo de futebol. O dono da casa pegou uma garrafa de Vodka, colocou-a em um saco de lixo cheio d’agua e levou-a ao freezer, então pra se servir a gente tinha que pegar um iceberg de 5 Kg de gelo he,he,he. Quando o Raí fez o segundo gol eu dei um pulo que um arco-íris de cerveja saiu do meu copo foi acertar o teto da garagem. No final acabei dormindo na calçada e até hoje não tenho idéia de como cheguei em casa.

 

No segundo mundial repetimos o esquema do ano anterior, só que tivemos que mudar de casa, pois nosso amigo havia ido para Tókio assistir o jogo. Uma hora antes ele ainda ligou falando : “To aqui na porta do estádio!!!!!!” Novamente saí bêbado e feliz. Eu tava tão nervoso que só nesse ano fui rever o jogo e ver os detalhes, que na hora eu nem percebia. E mais uma vez não sei como cheguei em casa. Talvez o Márcio possa desvendar esse mistério he, he,he.

 

Uma das definições que ouvi de futebol é que é a coisa mais importante das coisas menos importantes. Pode ser, mas deve ser levado sempre na brincadeira, nunca levado á sério a ponto de usar violência ou brigar sério com algum amigo ou parente. Deve-se lembrar que tem muita mutreta e muita gente ganha muita grana em cima e não ta nem aí e só você não ganha nada e esquenta a cabeça. Eu nem vou mais em estádio, depois que pararam de vender cerveja em estádio eu parei de ir. Não freqüento lugares sem cerveja, por isso não vou nem em estádio nem igreja.

 

Cheers,

 

Hank


Som do dia: “We are the Champions” do Queen. Me pergunto quanto esses caras ganham de direito autoral dessa música. O cara ganha tornei de bolinha de gude e colocam ela de fundo, he,he,he.




- Postado por: Hank Chinaski às 09h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Scattering Crows

Faz mais ou menos dois meses que cismei que queria mudar a cara do meu template. Tava enjoado de olhar sempre pra mesma coisa. O anterior tinha feito bem nas coxas, mais pra tirar aquele template estúpido do UOL. Fiz então o anterior, homenageando o inspirador desse blog o Charles Bukowski. Pra quem não sabe ELE é o velho da foto e não eu como várias pessoas perguntavam. Na verdade eu sou bem mais feio he,he,he.

 

Mas é impressionante. Eu já fiz outros templates e sites, mas justo no meu aparecia uma porcaria de erro que eu não conseguia solucionar. Fiquei frustrado: Porra justo comigo!!!! A lei de Murphy emperava. Mas sou teimoso como uma mula, sabe aquela história de homem que se perde mas não pede informação do caminho? Pois é eu sou assim desse jeito.

 

Peguei outros templates que havia feito estudei um por um tentei de novo e......nada!!!!! Eu publicava um post e ele aparecia duplicado na parte de baixo, sem a menor explicação......Que saco!!!! Eu já estava quase pedindo arrego e me conformando em ficar com o feioso mesmo. Resolvi tentar de novo só por desencargo de consciência e sei lá como e não pergunte o que foi que fiz acertei e o troço funcionou!!!!! Aleluia!!!!

 

Antes que me perguntem se eu sou o “espantalho” aí de cima, não sou eu!!! He, he, he. Ele é o Fish, aliás eu chupinhei na cara dura a contracapa do novo cd dele. Se ele pode copiar o Van Gogh eu também posso copiá-lo não é?

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia :” Scattering Crows” do Fish.




- Postado por: Hank Chinaski às 08h53
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Rock’n Roll High School

Estava eu conversando com uma amiga sobre os tempos de escola dela, e ela me contou do que aprontava, dos colegas e isso me deu uma saudade da minha época também. Era uma época que as coisas eram bem mais simples. O melhor de tudo é que mesmo após passados 20 anos ainda tenho amigos dessa época. Isso vale mais do que todo o tempo que fiquei aprendendo trigonometria, e até hoje não descobri a utilidade disso.

 

Quando entrei no colegial me colocaram em uma classe “amaldiçoada”, fui pra o fundão e meus colegas pareciam se conhecer de outros colégios tamanho o entrosamento. Descobri depois que ninguém se conhecia então formamos uma “quadrilha”, éramos eu, Nenê, Hovath, “Tia Olga” e Porção. Nós não queríamos saber de estudar, só bagunça mesmo. E o resto da classe também só tinha gente nesse nível, conclusão: Dos 40 alunos uns 30 foram reprovados, inclusive nós cinco.

 

Eu sempre fui muito discreto, falava pouco, mas estava por dentro de todas as sacanagens que aconteciam. Então enquanto o pessoal eram eventualmente pegos, eu sempre dava um jeito de me safar. Todo mundo sabia que eu estava por trás, mas ninguém provava nada. Com isso participei da destruição de carros de professores, algumas mesas de inspetores explodidas e alguns atos de vandalismo gratuito. Não me orgulho disso hoje, mas o que ta feito ta feito. Formei uma banda lá e através dela, conheci alguns dos meus melhores amigos que me acompanham até hoje.

 

Eu e o Nenê também encampamos a idéia do Grêmio e fizemos alguns festivais de música históricos, enchíamos 4 noites o ginásio do colégio, nossas festas eram concorridíssimas, trazíamos bandas para tocar, para desespero da direção. Eles nos odiavam por sermos rockeiros cabeludos, nos chamavam de “maconheiros”, “comunistas” e por aí ia.... Expulsamos os batráquios da UMES, porquê nunca nos apoiavam e só iam fazer política partidária, pra gente ou o cara ia pra arregaçar as mãos e trabalhar ou tava fora, então como os sanguessugas só queriam prestígio, nós não dávamos créditos nenhum para eles.

 

Eu saí do colégio aprontando uma última sacanagem, que virou lenda, e quando meu irmão estudou lá anos depois ainda comentavam. Estava com uns amigos no páteo e sei lá porquê o tema virou um presépio que ficava na sala da diretora. Conversa vai, conversa vem e me desafiaram a aprontar algo com ele. Eu topei.....fiquei aguardando a diretora sair, entrei na sala e roubei o menino Jesus. Levei pra casa, pintei-o de vermelho, coloquei uns chifrinhos de durepoxi e no dia seguinte entrei de novo na sala dela e coloquei-o no lugar!!!! Isso deu um bode bravo, pois alguém me dedou e eu tinha que me esconder pra não me pegarem, pois ainda tinha que fazer umas provas e com certeza seria expulso he,he,he. Mas consegui me safar, graças aos informantes que me avisavam quando o “tribunal de inquisição” ia atrás de mim.

 

Como falei a melhor coisa sobre essa época são os amigos, ainda tenho diversos amigos dessa época, alguns com contatos freqüentes outros eventuais, mas o laço do que passamos no Alberto Levy nos acompanha até hoje.

 

Cheers,

 

Hank


Som do dia: “Rock’n Roll High School” dos Ramones. Fiquei com vontade de assistir esse filme de novo, é super “trash” , produzido pelo Roger Corman, mas muito divertido, e a trilha sonora, sou suspeitíssimo pra comentar.




- Postado por: Hank Chinaski às 09h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Good-Bye Sober Day

Esse fim de semana promete, quando as coisas começam como começaram....Mais precisamente as 23:00 horas de ontem. Eu fui para o quarto pra ler um pouco, só que algum vizinho cretino estava ouvindo uma música crente maldita num volume consideravelmente alto, para que meu cérebro pudesse se concentrar no livro. Liguei a TV, porquê pelo menos o som da TV não me deixaria escudar aquela porcaria e assim graças a um documentário chato peguei no sono.

 

Pouco depois ouço outro vizinho começar a xingar o cara da música, meu telefone tocou nesse momento e despertei também. Bom já que tinha perdido a esperança de dormir pensei em ir para Internet visitar uns blogs amigos e trabalhar no novo template do blog. Toca o interfone....Era o porteiro perguntando se era eu que tava ouvindo rádio alto. Mandei ele se foder e desliguei. O vizinho berrão começou a ficar mais berrão e fui obrigado a entrar no barraco porquê no mínimo foi essa anta que mandou o porteiro me ligar.

 

Ele perguntou se era daqui o barulho, e falei pra ele que pelo menos gosto musical e simancol eu tinha, nunca ouviria uma merda daquelas. Puta barraco cacete parecia um cortiço. Só sei que uns 10 minutos depois o cara desligou o som. Morar em prédio é foda, moro á mais de 20 anos e tem algumas coisas que nunca vou me acostumar.

 

Eu como o rockeiro tatuado do prédio sempre paguei por qualquer som alto, alguém coloca som alto, mesmo sendo sertanejo, só pode ser o cara do 13!!!! Às vezes quando eu viajava minha mãe recebia reclamação he, he, he. O engraçado é que meu som está com os falantes bichados e mesmo que quisesse ouvir som alto não poderia.

 

Uma vez eu judiei, uma vizinha ouvia desde as 7 da manhã um maldito cd do Robertão, e se já não bastasse isso, ela achava que tinha uma voz linda porquê se esgoelava junto, cantando todas as músicas. O mesmo cd no repeat, isso duas semanas seguidas. Aí eu quis mostra pra ela quem era chato: Fui entre meus 800 cd’s e procurei o pior CD que eu tinha, um de Black Metal, daqueles que o som comparativo mais próximo era um monte de bolinhas de gude num liquidificador, Sepultura era valsa perto deles. Abri as janelas, coloquei o som no talo, apertei o repeat e fui pro bar. Essa merda tocou das 11 até as 5 da tarde. Fiz a mulher ter o pior sabadão da vida dela he, he, he. Pena que outros vizinhos pagaram o pato junto, mas pelo menos funcionou, Roberto Carlos no more!

 

E adivinha só?....Hoje 7:30 da manhã sou despertado de novo pelo rádio do crente!!! Olha vou te dizer, se esse cara quer falar com Jesus, esse desgraçado ta arrumando um jeito rapidinho de se encontrar com ele.... Ainda bem que hoje tem um churrasco na casa de um amigo e vou tem que fazer o trabalho sujo de me empanturrar de picanha e cerveja, isso me fará esquecer da droga do rádio. He, he, he......Então como diria o Mike Patton....Adeus dia sóbrio....he, he, he.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Good-Bye Sober Day” do Mr. Bungle. Essa música é do álbum “Califórnia”, um dos melhores cd’’s que ouvi nos últimos anos. Essa banda é um dos inúmeros projetos do ex-vocalista do Faith No More, Mike Patton.




- Postado por: Hank Chinaski às 09h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Train Train

Eu li hoje que devido ao roubo de cabos os trens de subúrbio de uma linha foram impedidos de circular esta manhã, prejudicando cerca de 251 mil usuários que utilizam essa linha diariamente. Esse tipo de coisa é foda, não só pelo problema do roubo em si, nem só pelos usuários prejudicados, mas o crescente sucateamento a malha ferroviária é um crime.

 

Durante o governo militar foi implantada a mentalidade de abrir estradas, mesmo que fossem de lugar nenhum a porra nenhuma (Transamazônica) . Isso ganhava apoio das montadoras que se estabeleciam no país, então a malha ferroviária que era um importante meio de transporte de cargas e passageiros foi deixada cada vez mais de lado propositadamente.

 

Com o fim do governo militar parecia que as coisas fossem melhorar com as privatizações, mas ocorreu o contrário, pois como as linhas já eram deficitárias em muitos pontos e esse tipo de investimento é de longo prazo muitas linhas foram extintas, deixando ruínas de estações espalhadas pelo país.

 

Eu me recordo de ir acampar em Itirapina muitos anos atrás e era fantástico, nós nunca íamos de ônibus ou carro, o barato da viagem já começava com o trem. Nós geralmente não nos sentávamos nos bancos, mas entre os dois vagões, no chão. A gente abria as portas e ficávamos curtindo a paisagem naquele balanço do trem, era muito legal e isso rendeu inúmeras histórias.

 

Um trem muito legal é a linha que une Curitiba á Paranaguá, foi construída na época de D. Pedro II, e passa por cada lugar sensacional, uma delícia mesmo. Fico imaginando quantos escravos morreram pra colocar aqueles dormentes naqueles precipícios, sem equipamento de segurança algum. É uma viagem muito impressionante e recomendo á todos.

 

Na Europa você cruza o continente todo por trens, mas aqui é um brinquedo gigante e só....Um dia um amigo queria levar a filha pra conhecer um trem, eu pesquisei na internet e achei um em Campinas que dava uma voltinha e ele foi pra lá. Um negócio que tem um baita potencial ser usado só para alegra crianças e velhos saudosistas? Que bosta hein...

 

Infelizmente  já vi que a prioridade do governo está mais preocupada com assuntos como a perseguição da liberdade de imprensa, dificultar investigações do presidente do Banco Central e projetos de “sucesso” como o Fome Zero e Primeiro Emprego. Ou seja, como todos os outros cuidando do próprio umbigo, então cidadão, vamos continuar presos á pedágios e congestionamento de estradas em feriados até o dia que seu filho lhe perguntar o que é um trem e você falar: “Não lembro”

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Train Train” de uma das melhores bandas de Southern Rock, o Blackfoot.




- Postado por: Hank Chinaski às 09h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Beach Boys

Estou de viagem marcada pra praia no próximo feriado, vou com alguns amigos pra Juqueí no litoral norte. É um lugar bacana, ainda não tão fresco com Maresias nem tão farofeiro como Bertioga.

 

Eu não sou muito fanático em praia, primeiro porquê tenho um bronzeado que é uma herança genética dos meus antepassados suecos. Eu nunca fico bronzeado, o máximo que eu tento é não ficar vermelho como uma lagosta.  Outro problema é que sol e tatoos são inimigos e cuido muito cuidado delas.

 

O melhor lugar da praia fica do outro lado da água: A barraquinha!!! Isso mesmo! Eu vou na praia pra tomar cerveja e comer uns peixinhos e tá muito bom. A idéia de me tornar um “bife á milanesa” na areia não me atrai nem um pouco. Eu namorei uma garota que tinha casa na praia e adorava sol, então eu ficava no quiosque tomando cerveja e ela como uma lagartixa no sol ao lado na areia he,he,he.

 

Quando eu fui com a turma à primeira vez pra Bombinhas (SC) tinha uma barraquinha de madeira super pobrezinha, mas com o melhor camarão que já havíamos comido. Voltamos todo ano e a barraquinha foi crescendo a cada visita. Na última vez que fomos já era um baita restaurante e o dono era o mesmo, muito legal.

 

Uma vez fui pra casa de um amigo em Bertioga. Ficamos três dias fazendo churrasco e bebendo e nada de praia, até que alguém teve a “brilhante” idéia de darmos uma volta por lá. Que troço bizarro, parecia um freak show!! Como tinha gente feia! Era bom que nós nos sentíamos até bonitos naquele mar de quasímodos.

 

O foda é que o troço estava absurdamente lotado, reparamos também que todo mundo tinha um monte de tupperwares. Pensava inocentemente que era o tradicional franguinho embrulhado em papel alumínio (fiz muito isso com meus pais na infância, he,he,he), mas não....de repente uma mulher abre o maior recipiente plástico que já vi, e debaixo de um sol de 40 graus começa a saborear uma FEIJOADA!!!! PQP!!! E a porra era passada de mão em mão para o deleite do pessoal.

 

Em outro canto uma família pegou uma garrafa térmica e virou num prato. Sabem o que tinha dentro? Macarrão com molho!!!! Quase vomitei ali mesmo, o cheiro me embrulhou o estômago e saímos correndo de lá. Nunca mais vou reclamar do franguinho...que saudade he,he,he.

 

Por isso pessoal, se vocês estiverem na região não tentem me procurar perto da água, procurem um bêbado tatuado segurando um espetinho de camarão no bar mais longe possível da multidão que estarei lá.

 

Cheers

 

Hank

 


Som do dia: “Catch the Wave” dos Beach Boys




- Postado por: Hank Chinaski às 09h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Singles

Morar sozinho tem diversas vantagens, você pode ouvir a música que quiser sem ninguém te aporrinhar, o controle remoto da tv é sempre seu, não tem ninguém pra secar seu time do seu lado, pode namorar sossegado na sala sem correr o risco de alguém abrir a porta e te pegar com a “mão na massa”, não corre o risco de descobrir que aquele pedaço de pizza que sobrou foi devorado na sua ausência, etc.

 

Eu pela primeira vez na vida estou morando sozinho mesmo. Quando minha mãe morreu sobrou eu e meio irmão. Sete anos depois ele casou e mudou, no lugar dele foi um colega que morou comigo até alguns meses atrás, quando ele comprou um apartamento e se mudou. Desde então como não consegui arrumar alguém com afinidade suficiente to me ralando pra pagar as contas, já que as despesas foram duplicadas.

 

Mas também morar só tem algumas desvantagens, por exemplo você descobre que é sempre sua vez de lavar a louça! A leiteira que você deixou na pia de manhã vai estar te esperando na volta do serviço e por mais que você se esforce e ponha fé ela não vai se lavar sozinha. O mesmo princípio aplica-se a arrumar a cama.

 

Faxina então é um saco. Antigamente eu escolhia uns cômodos pra limpar e meu colega outros e numa manhã de sábado colocávamos um cd bem alto, abríamos umas cervejas e fazíamos aquele faxinão. Agora ta tudo na minha mão e nessa hora amaldiçôo o fato de ter 3 quartos na casa.

 

Eu sou um cara extremamente bagunceiro, então tem vezes que a casa fica o Caos, pois se num sábado de manhã o Silvio me liga convidando pra ir numa loja de CD, ou alguém pra tomar uma cervejinha aí fodeu...foda-se a faxina e lá vou eu...sou muito influenciável nesse ponto. Aí em pleno domingão, normalmente com a cabeça explodindo de ressaca tenho que fazer tudo que não fiz no sábado. Pois a conta de luz que caiu da mesa e sua cachorra fez o favor de destroçar não vai sozinha pro lixo.

 

Eu adoro cozinhar, de fazer uns pratos legais no fim de semana, mas fazer um assado pra uma pessoa é foda, e não gosto de ficar comendo a mesma coisa por uma semana. Aí você pensa: “Vou convidar uns amigos!!!”...legal....Só que aí a pilha de louça aumentará consideravelmente.

 

Quando passa jogo do Corinthians na TV e não ter com quem secar e comemorar p gol do Novorozontino no último minuto faz falta também. Como sempre morei com porcos em alguma coisa com relação a futebol tínhamos que ter em comum!

 

É meu amigo....antes de sair da casa da mamãe pensem muito bem.....rapadura é doce mas não é mole não! Mas apesar de tudo eu gosto, eu me dou muito bem comigo mesmo mas discuto um pouco (sou um pouco doido) !! E sempre tem a casa de um amigo pra filar bóia he,he,he.

 

Cheers,

 

Hank

 


Filme do dia: “Singles – Vida de Solteiro” - O diretor Cameron Crowe (Quase Famosos) leva às telas as aventuras amorosas de um grupo de jovens que buscam a afirmação no mercado de trabalho de Seattle. Com Matt Dillon, Bridget Fonda, Campbell Scott, Bill Pullman e Kyra Sedgwick.




- Postado por: Hank Chinaski às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Garden Party

Ontem estava numa mistura de almoço / reunião / festa beneficente  e uma amiga que estava pateticamente jogar vôlei com a molecada. Ela me convidou e eu respondi: “Minha carreira de jogador de vôlei foi encerrada a doze anos atrás!!”

 

Eu me lembro um domingão que cheguei pra minha mãe e disse:

-         To indo jogar vôlei no Ibirapuera com o Macarrão!

-         O quê?????? HÁ, HÁ, HÁ!!!!!!!

A surpresa devia-se a primeiro minha aversão ao programa de índio que é o Ibirapuera de domingo e segundo a minha notória inabilidade com esse esporte.

 

O negócio é que meu amigo estava dando em cima de uma garota e como ela arrastava várias amiguinhas junto, eu ia com ele em todas as barcas furadas possíveis e inimagináveis, além do fato dessas amiguinhas serem bem “apresentáveis” he,he,he.

 

Essa do Ibirapuera foi uma dessas barcas, eu deveria estar nas “Olimpíadas do Pateta”, mas acho que elas também não jogavam tão bem então o papelão não foi tremendo. Nós íamos em shows no Anhangabaú, Masp, assistir peças se teatro, tinha um mico a gente tava pagando he,he,he. Nessa época estávamos na “fase coquinho”, nós tomávamos dois litros de pinga de côco por dia. Tinha um alambique perto de casa, enchíamos um galãozinho de 2 litros e carregávamos dentro da mochila do Macarrão, e isso nos fazia implacáveis. Achávamos qualquer show bom, qualquer peça legal e todas as garotas estranhamente ficavam lindas he,he,he. Até hoje minhas amigas falam que nós cheirávamos coquinho na época, he,he,he.

 

Esses micos de fazer um troço que você nunca faria porá estar com alguém é bem cômico. Quantos shows já fui e fiquei com cara de contente (mas querendo sair correndo). Uma vez eu fui num karaokê com uma garota e eu queria me enfiar debaixo da mesa...a coisa que mais abominava era uns caras cantando sempre as mesmas músicas, desafinando até a morte e com um monte de puxa sacos achando tudo lindo, saí antes que ouvisse pela 5ª vez uma (a)versão de Engenheiros do Hawaii.

 

Todo mundo já passou por esse tipo de situação, a partir do momento que você gosta de uma pessoa parece que você perde totalmente o senso de ridículo, já vi amigos fazerem cursos de dança de salão, andarem em montanha-russa (mesmo tendo medo de altura), ir em jogo de futebol do time que mais detesta, freqüentar a igreja do pai da namorada, entrar numa loja pra comprar um cd de pagode que ela quer, comer salada só porquê ela tá de regime ou é vegetariana (mesmo você adorando carne), esconder as tatuagens do pai dela, fingir que você ta triste quando o Corinthians perde de goleada do XV de Piracicaba, rir da piada do “tomatinho” que ela contou como se não fosse a 34ª vez que você a tenha ouvido, etc.

 

A pessoa que falar que nunca caiu numa dessas é mentiroso. E o pior que as vezes o amor acaba, você nem se lembra do nome da pessoa, mas os micos são eternos...eles sempre voltarão a tona, principalmente quando você tem amigos filhos da puta com boa memória.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Garden Party” do Marillion. Um  clip muito tosco, mas muito engraçado. E o almoço de ontem tinha muito o clima desse clip.




- Postado por: Hank Chinaski às 10h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank