} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Run

Chegando o fim do ano já somos bombardeados com matérias sobre a Corrida de São Silvestre. Aquela que sempre aparece um africano, correndo mais do que deputado atrás de mensalão, levando o primeiro lugar para desespero da torcida brasileira.

 

Sempre me perguntei o que leva um cidadão em pleno domínio de suas faculdades mentais a correr essa prova. Ainda por cima no dia de reveillon! Imagino eu, um atleta cervejeiro que pratica apenas levantamento de copo encarando uma dessas. Só de pensar nisso fico cansado. Dada a largada eu sairia tranqüilo, pois do lado direito da Paulista não tem muitas “tentações”, acho que daria pra evitar entrar no bar que fica atrás do MASP, o problema seria na entrada da Consolação, pois em frente ao Belas Artes tem um boteco simpático que já tomei altos porres. Mais pra frente tem o “Bar das Putas” com a melhor bisteca da cidade, não ia conseguir dispensar nem a pau, ia ter que entrar. Saindo de lá ia passar perto da Maria Antônia e lembrando que lá fica o Bar do Zé ia ter que fazer um “desvio estratégico” e assim minha corrida acabaria por lá mesmo.

 

O que deve passar na cabeça do cara que corre fantasiado com umas fantasias quentíssimas em pleno verão ou senão com cartazes tipo; “Mãe, eu tô na Globo”? São sempre os mesmos tipos: O travesti, o cara vestido de presidente, o outro que vai vestido de jogador de futebol fazendo embaixadinhas, o bebum, o figura com um cata-vento na cabeça, a noiva, o Raul Seixas, o palhaço, o Senna, o padre, etc. É uma mistura de Carnaval com maratona. E os repórteres da Globo, criativos como uma berinjela, com as mesmas perguntas: “Você vem de onde?”, “Tá muito calor nessa fantasia?”, “Sua família ta assistindo?” “Vai conseguir chegar no fim da corrida?”. Acho que vou arrumar uma fantasia bem ridícula só pra ser entrevistado e mandar  Galvão Bueno tomar no cu ao vivo.

 

E o pessoal fica na torcida pro brasileiro que ta na frente até a Brigadeiro. Aí aparece um negão lá de trás que atropela o brazuca, como no desenho do papa-léguas. Esses africanos são muito bons, deveriam ser considerados “café com leite”. Eles terminam a prova com uma facilidade impressionante, quase nem suam! Eu fico mais suado abrindo a porta do forno pra vigiar o meu tender!

 

A maior bobeira foi a Globo ter passado a prova para à tarde. Antigamente quando era a noite pelo menos era mais engraçada. Eu tinha um “timing” particular. Quando os corredores estivessem entrando na Brigadeiro eu já deveria estar começando a ficar bêbado, então se não estivesse “alto” o suficiente eu virava uma vodka pura. Agora se eu ligar a TV corro o risco de ligar e ver a Ivete Sangalo ou o Faustão, o que faria meu estômago embrulhar e despejar o conteúdo da ceia no meio do tapete da sala.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Run” do Redneck Rolemodels. Banda de Southern Rock americana, com toque de Black Crowes.




- Postado por: Hank às 20h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Pulse

Quando li que a Anatel estava bolando várias alterações na prestação de serviços de telefonia fiquei com um pé atrás. O ramo da telefonia sempre foi algo muito delicado no Brasil. Há 10 anos atrás nós vivíamos na “pré-história” da telefonia. Uma simples linha chegava a custar, no mercado paralelo, quase o preço de um carro em alguns lugares,. Esperávamos anos para conseguir instalar um telefone.

 

Depois da privatização temos um serviço razoavelmente decente, acabaram as esperas das linhas, mas o preço não foi baixo. As tarifas estão “nas alturas” e polêmicas sobre a legalidade da cobrança da assinatura básica é discutida nos jornais e internet e vai levar um bom tempo para que cheguem á algum denominador comum.

 

O fim do sistema de cobrança por pulsos é até “teoricamente” justo. Você paga por aquilo que fala, até aí tudo bem. Só que fizeram uma tabela de conversão que vão nos enfiar a faca com tudo. Uma ligação de menos de três minutos pode custar até 60% mais barata. Só que as ligações que ultrapassarem esse tempo podem ficar até 117% mais caras. Isso é aumento disfarçado, roubo. Vou fazer um curso com algum narrador esportivo de rádio para aprender a falar 847 palavras por minuto.

 

Onde trabalho gasta cerca de R$ 2.800,00 mensais de telefone. Recebemos agora um telefonema da Telefônica dizendo que após analisarem nossa conta vamos gastar aproximadamente R$ 4.000,00. Onde está a vantagem disso? Alguém pode me explicar de uma forma convincente? Pra onde vão esses R$ 1.200,00 reais a mais? Desconfio que as doações nas campanhas políticas das empresas de telefonia serão bem generosas.

 

Outra coisa que vai ferrar legal é o fim do pulso único. Muita gente ficava aguardando para conectar na internet após a meia-noite e aos fins de semana para fazerem pesquisas, trabalhos, namorar, etc. Agora vai acabar com isso. O governo quer que as empresas de telefonia tenham planos de internet ilimitada. A Telefônica tem um plano de R$ 29,00 através de seu provedor Itelefonica. Mas e se eu quiser ser assinante do UOL ou Terra? Isso é claramente MONOPÓLIO, ou não é? Essa é a forma brilhante que o governo arrumou de “popularizar a internet”, como ele sempre faz propaganda?

 

Até agora só estou vendo desvantagens para a gente no fim dos pulsos. Como é que querem me convencer que esses caras estão fazendo algo a nosso favor. É como ser vítima de um estupro e alguém falar: “Tenho ótima notícia: A camisinha do estuprador era lubrificada”.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Pulse” do Pink Floyd. Do jeito que nosso governo é inteligente acho que em janeiro vão proibir a venda desse CD.




- Postado por: Hank às 11h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Incidente em Antares

O prefeito da cidade de Biritiba-Mirim (SP) teve uma brilhante idéia para sanar os problemas da falta de lugares do cemitério da cidade. Proibiu os munícipes de morrerem, de acordo com um projeto enviado para a Câmara da cidade. Segundo a proposta, que prevêem alertas e punições aos "desobedientes": um dos artigos avisa que "os munícipes deverão cuidar da saúde para não falecer" e outro item adverte que "os infratores responderão pelos seus atos".

 

O prefeito fez esse projeto para chamar a atenção para os órgãos ambientais permitirem a construção de um novo cemitério, só que como a cidade encontra-se numa área de preservação de mananciais o negócio está enrolado. Como tudo que precisa de uma decisão direta dos governos, é claro. E olha que o prefeito e o governador são do mesmo partido (PSDB), imagina se não fossem....

 

Mas não é uma idéia perfeita? Afinal ele conseguirá reduzir a mortalidade em 100%, será a cidade mais saudável do país. Ele assim poderia criar um novo tipo de arrecadação com o turismo. Um monte de gente moribunda poderia se mudar para a cidade, aí como eles não poderiam morrer viveriam para sempre. Ponce de Leon procurou a vida toda a  “Fonte da Juventude”, mas nunca imaginou que a vida eterna fosse tão fácil.

 

Gostaria de saber o que ele quis dizer com “punições aos desobedientes”. O que a prefeitura fará? Ressuscitará o infrator? Ele deve ter encontrado uma maneira de fazer isso. Ouvi falar que um judeu conseguiu fazer isso à cerca de 2000 anos atrás então não deve envolver uma tecnologia tão avançada, não é? Ele poderia chamar o cineasta César Romero, famoso por seus filmes de zumbis, para cuidar do judiciário, para punir os ressuscitados. Se o cara morrer ele é ressucitado e obrigado a trabalhar em clip do Michael Jackson.

 

Quando li a matéria na “Folha”, a primeira imagem que veio á minha cabeça foi do Paulo Gracindo e seu Odorico Paraguaçu, da novela de Dias Gomes. Ele no céu deve estar rindo muito. Pra quem não assistiu “O Bem Amado” o prefeito tentava inaugurar o cemitério da cidade, mas ninguém morria. O contrário do problema do prefeito de Biritiba-Mirim. O Guel Arraes está adaptando essa novela para o cinema, com o Marco Nanini no papel do Odorico. Acho que o Nanini pode perder a vaga para o prefeito de Biritiba.

A vida imita a arte novamente,

 

Cheers,

 

Hank

 


Indicação do dia: “Incidente em Antares” do Erico Veríssimo. Um livro divertidíssimo do pai do Luis Fernando. No livro os mortos saem do cemitério para cobrar os vivos.




- Postado por: Hank às 19h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Boogie Woogie Santa Claus

Estão chegando as festas de fim de ano no trabalho. Essa é a época que o Butantã libera  que as cobras possam sair do instituto para comemorar o Natal. Pra começar tem o lance do sorteio de amigo secreto. Metade do pessoal se odeia e não quer participar, mas como ninguém quer dar de antipático com o patrão, que é sempre o mais empolgado, acaba entrando.

 

Aí a recepcionista, que brigou o ano todo com a secretária do gerente, tira justo o papelzinho dela. A cara de decepção é visível, ela tenta trocar com todo mundo mas ninguém topa. Começam as trocas de bilhetinhos. Seu amigo secreto te pede um CD de pagode. Isso é foda. Pra mim, comprar um troço desses é a mesma coisa que chegar na banca de jornal na frente de uma torcida organizada de futebol e pedir aos berros uma G. Magazine. Pô, com que cara que eu peço uma coisa dessas? E se passar algum conhecido e ver um troço daqueles na minha mão? Pega muito mal. Pior que isso só ser pego com uma cerveja sem álcool na mão.

 

Normalmente na festa alguém tem a mania de levar aquele instrumento que foi feito pelo próprio Diabo, a maldita máquina de karaokê. Aí você tem que agüentar os caras cantando as mesmas cinco músicas, totalmente desafinados. E dá-lhe pagode, com o refrão “Laialaiá...”  até que o nível alcoólico chega ao ponto máximo do gerente financeiro subir na mesa com a gravata presa na cabeça cantando “Ilariê”.

 

Na maioria das vezes o patrão economiza e compra a cerveja mais barata, ou seja Kaiser ou Schincariol. Como ele só toma Black Label então fodam-se os funcionários. Enchemos a cara com aquele líquido pavoroso mesmo, tudo pra tentar fazer aquele pagode ficar um pouco menos chato. Aí aquela garota do almoxarifado te pega pelo braço e aproveitando-se da sua instabilidade alcoólica te joga um microfone na mão e te faz cantar com ela “Born to Be Wild”. Só que logicamente ela sai do palco na primeira estrofe e você fica sozinho pagando mico.

 

E tem os caras sérios que tomam umas e começam a soltar a franga. É cômico ver o Office-boy bêbado achando que a diretora de marketing ta “pagando uma baita pau” pra ele. Aliás nessas festas o que dá de gente que começa a se achar o garanhão, é hilário. Normalmente são aquelas pessoas que tomam dois copos de cerveja e perdem a noção.

 

Tem o canto dos “bêbados profissionais”, onde me incluo. Nossa missão é ficar de olho na quantidade de cerveja e se possível uma forma de desviar a garrafa de whiskie  da diretoria. Ficamos de lado só dando risada e aproveitando a comida e bebida. Aproveito para mandar meu gerente FDP se foder, já que ele está totalmente bêbado e não vai lembrar de nada no dia seguinte.

 

A entrega dos presentes é muito engraçado. O cara é corinthiano e ganha uma camisa verde, pagodeiro e ganha CD do Iron Maiden, vegetariano e leva um jogo de facas pra churrasco e por aí vai. Sem tirar a recepcionista e a secretária que se abraçam e trocam três beijinhos como se fossem as maiores amigas do mundo, he, he, he. É por isso que bebo.

 

Cheers

 

Hank


Som do dia: "Boogie Woogie Santa Claus" do Briaan Setzer Band.




- Postado por: Hank às 17h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Return Of The Killer Tomatoes

Sabe que um tomatinho falou pro outro quando atravessava a rua?

 

-         Olha o carro (Ploft)

-         Que carro? (Ploft)

 

Essa piada sem graça, tem trocentas variações que o baterista que tocava comigo sempre contava antes de cada ensaio por uns 8 anos consecutivos. As piadas dele eram tão sem graça que eu ria de raiva. He, he, he. Hoje eu acho que se essas piadas fossem contadas alguma associação de plantadores de tomate iriam entrar com processo pelos maus tratos ao vegetal.

 

Como essa besteira sobre politicamente correto está torrando o saco. È igual aos piores momentos da ditadura, onde o Millôr, Ziraldo e o Henfil eram perseguidos pelos militares por causa do Pasquim Existe uma caça a qualquer piada que possa ser mais ofensiva á alguém. Não se pode brincar mais com nada.

 

Os gays conseguiram tirar o programa do João Kleber do ar. Tá certo que eu gostaria que conseguissem tirar ele não só do ar, mas como do planeta Terra. Por mim ele iria encher o saco dos Incas Venusianos, mas acho que é um tremendo exagero foder com ele só por causa de humor chulo e grosso. Estereótipos são usados pra tudo, principalmente no humor.

 

Os gays ficam bravos com as brincadeiras daquele idiota. Eu também não gosto quando a Globo faz aqueles estereótipos de paulistas que falam como se fossem da Mooca e agissem como carcamanos, mas foda-se, só mostra que eles não entendem nada. Não vou me coçar para criar caso com isso.

 

Incrível que 95 % dos gays são os caras mais bem humorados e com o humor mais ácido e politicamente incorretos. Não são como essas lideranças, que querem mais é uma bancada, um holofote para aparecerem. Hoje eu li no site No Mínimo alguns e-mails indignados por causa de uma piada do Tutty Vasques sobre a bicharada fazer o teste da farinha para entrar no sacerdócio católico. Ele matou a pau nas respostas com muita classe.

 

Quando era moleque um dos programas que mais curtia era “Os Trapalhões”. Lá tinha o Mussum, um cara super simpático, bebum, sempre querendo se dar bem. Ele era muito engraçado. Não consigo imaginar um personagem como ele novamente em um programa infantil. Pelos motivos “morais” temos que aturar os “didáticos” desenhos do Pokemon ao invés do “negão” mais legal da TV.

 

No dia que todos esses representantes de classe conseguirem proibir todas as piadas, os programas de TV serão mais chatos  que discurso do Fidel, os livros vão ser tão empolgantes quanto ler a lista telefônica e os filmes tão engraçados quanto um documentário sobre minhocas.

 

Então simplesmente gostaria que todos os pseudo-representantes de minorias, raças, credos vão solenemente tomar naquele lugar. Menos os gays é claro, para esses desejo que eles sejam atacados por algumas mulheres ninfomaníacas.

 

Cheers,

 

Hank


Filme do dia "O Retorno dos Tomates Assassinos", um dos filmes mais "trash" do planeta



- Postado por: Hank às 19h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Mandrake

Mandrake

 

Eu assisti alguns episódios da série da HBO “Mandrake” e tenho que aplaudir a multinacional de TV a cabo. Eles realmente estão ensinando a televisão brasileira como se faz um seriado, coisa que mesmo com a tecnologia da Globo, ainda patinamos.

 

A série é baseada no personagem Mandrake do genial Rubem Fonseca. O advogado criminalista galanteador, canastrão e sacana, personagem de vários contos. Na série ele é interpretado pelo Marcos Palmeira, que está muito bem no papel. Sempre o achei um ator meia-boca, mas encaixou-se perfeitamente no espírito do personagem. Aliás, todos os atores estão muito bem, com destaque para o Miele , Maria Luisa Mendonça Marcelo Serrado e Érika Mader.

 

O legal da série é que mostra o Rio de Janeiro, uma das cidades mais bonitas do mundo, de uma forma que a Globo nunca mostrou. Na série tem muitas cenas noturnas o que dá um clima “noir”, uma forma diferente de mostrar a cidade. A séria percorre o submundo carioca com maestria. Seus botecos, puteiros, casas de strip-tease, travestis, viados, putas estão todos lá.

 

A parte de sexo também é bem crua. Faz as cenas das novelas globais parecerem patéticas. Como Mandrake come todas as mulheres que encontra, todo episódio tem pelo menos uma convidada deliciosa, como a modelo Giani Albertoni, Suzana Alves e outras. Por isso é exibido apenas depois das 23:00 horas.

 

O engraçado que a produtora Conspiração, que co-produziu a série com a HBO, tentou vender a série para a Globo, mas eles só queriam fazer um episódio. Como eles achavam que tinham muito mais material, mandaram para a HBO que bancou o projeto.

 

Um seriado policial é algo praticamente inédito aqui. Já foram feitos outros, mas nada pareceu colar com o público. Rubem Fonseca tem a qualidade de escrever de uma forma muito cinematográfica, com isso ele dá uma base muito sólida para ser desenvolvida. A Globo antigamente fazia boas mini-séries, mas perderam a mão completamente. Transformaram-nas em “mini-novelas” o que ficou extremamente maçante, além de não terem o menor respeito com o telespectador, colocando os episódios nos horários mais absurdos e diferentes a cada dia.

 

Tomara que a série seja lançada logo em DVD, vale a pena. Senão eu recomendo uma ida ao sebo mais próximo e podem pegar algum livro do Rubem Fonseca.

 

Cheers

 

Hank

 


Indicação do dia: “Mandrake” da HBO e o livro “A Grande Arte” do Rubem Fonseca.




- Postado por: Hank às 13h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank