} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Squeeze Me Macaroni

A tranqüila cidade de Altamura na Itália conseguiu algo surpreendente nessa época de globalização e dominação do poderio econômico sobre os menos afortunados: Conseguiram expulsar o McDonald’s da cidade. Essa pequena cidadezinha no sul da Itália, que tem como chamariz “O melhor pão italiano do país”. Conseguiram acabar com o restaurante, armados de focaccia, mussarela e, sobretudo, um pão de grãos integrais que é famoso na Itália há milênios. Sem violência o McDonald’s arrancou seu totem com o “M” amarelo e se mandou de fininho.

 

Quando a multinacional se instalou na cidade em 2001 foi até que bem recebida. Achavam que dava um toque de modernização na cidade. O problema foi quando instalaram um imenso luminoso, ligado 24 horas, do lado de uma catedral do século XIII. Foi considerada uma ofensa, uma tentativa nada simpática de se impor goela abaixo.

 

Um padeiro, meio temeroso, inaugurou uma padaria bem ao lado do McDonald’s, chamada Antica Casa Digesu. Ele temia que ninguém notasse seu pequeno estabelecimento, perto da opulência e padrões uniformes do restaurante americano. Só que o que aconteceu foi o contrário. O pessoal ia ao McDonald’s e pagavam por uma hamburguinho meia-boca o mesmo que pagavam por uma focaccia maravilhosa no vizinho. Não demorou muito para se tocarem que os pães e sanduíches regionais, caprichados eram muito superiores do que qualquer propaganda.

 

A multinacional começou a apelar desesperadamente. Fornecia convites para visitas de escolas, aluguéis gratuitos para realizarem festas de aniversário e pasmem, colocaram uma TV para o pessoal assistir jogos de futebol. O problema é que os torcedores assistiam ao jogo e depois iam comer no vizinho. Com isso em dezembro de 2002, o Sr. Ronald McDonald caiu fora da cidade com o rabinho entre as pernas.

 

Achei isso fantástico, pois muita gente despreza o que está do lado e vão atrás de novidades. Eu até gosto de McDonald’s, mas muito eventualmente, só quando estou com pressa e por acaso estou em frente de um. Não saio de casa para comer lá nem a pau. Vocês se lembram daquele filme “Um Dia de Fúria”? Tem uma cena antológica em que o Michael Douglas se revolta quando pede um sanduíche numa lanchonete tipo McDonald’s e recebe uma lanchinho minúsculo, ao contrário do que aparecia na propaganda da parede. Eu sempre lembro nisso quando vou á esse tipo de lanchonete.

 

São Paulo é um dos melhores lugares para se comer no mundo. Só que sanduíche não é nossa especialidade. É óbvio que tem lanchonetes muito boas, mas é exceção. Não é como em alguns lugares como no sul do país ou mesmo no interior de SP, onde você pode entrar em qualquer boteco e pedir um lanche maravilhoso do tamanho de um prato grande, por um preço honesto.

 

Acho meio foda quando um restaurante desses se instala do lado de uma lanchonete comum. Normalmente esse pequeno estabelecimento, por melhor que seja não consegue brigar de igual para igual e acaba tendo que se mudar ou fechar. Acho que o McDonald’s merece seu espaço, mas com certeza tem sanduíches muito mais bem feitos, gostosos e mais baratos. E nossos amigos italianos mostraram que nem sempre uma propaganda em massa consegue se dar bem.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Squeeze Me Macaroni” da banda genial (e falecida) Mr. Bungle. Disparado o melhor projeto do maluco do Mike Patton.




- Postado por: Hank às 20h49
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




The Other Way

Sempre achei que os fãs mais estúpidos do mundo do rock eram os fanáticos por Raul Seixas. Hoje eu mudei de idéia, acho que os fanáticos pelo “Maluco Beleza” são umas toupeiras, mas nada igual aos fãs de U2 e do Bono Vox.

 

Acho que com cada ingresso, comprado a peso de ouro, devia vir com um nariz vermelho. Aí o show do Morumbi poderia entrar no Guinness Book, como a maior reunião de palhaços da história. Por isso eu não fiquei nem um pouco comovido com aquele bolo de gente chorando na frente de supermercados, devido a não conseguirem comprar ingressos para o show.

 

Acho inadmissível o preço cobrado. Está num patamar até acima do cobrado lá fora. Enquanto o ingresso mais popular custa US$ 55,00 lá fora, por aqui sai por R$ 88,00. E levando-se em conta da renda média de um americano e de um brasileiro, o preço é um absurdo. E estou falando dos ingressos “populares”, nem vou falar dos outros que nem vale a pena.

 

O Bono é um tremendo marketeiro. Fala de pobreza do terceiro mundo, mas quando vem pra cá quer mais é ganhar o dele e foda-se quem não puder pagar. Caridade com a carteira dos outros é sempre mais fácil, não é? Não ouvi falar nada sobre algum projeto ou evento do Sr. Bono, com fins beneficentes aqui no Brasil. Aliás a única coisa que ouvi é que ele quer se encontrar com o Lula, outro marketeiro. Se ele se preocupa tanto com a fome, porquê não exigiu junto com o ingresso algum tipo de alimento ou doou uma parte do cachê para alguma instituição?

 

Nunca vi um artista conseguir mudar coisa alguma na política. Artistas são considerados os “bobos da corte”, são para divertir, não para serem levados á sério. Por isso nunca levei o Bono a sério. Com certeza nem o Bush ou o Tony Blair devem levar também. Dar atenção no que o Bono fala é como acreditar no discurso do Pelé a respeito das criancinhas depois do milésimo gol. Papo furado.

 

Esse pessoal que está acampado, com suas barracas novinhas na frente do Estádio do Pacaembu, uma semana antes de começarem as vendas dos ingressos para o segundo show, tem mais é que sofrerem um arrastão de trombadinhas no meio da noite. Vão ser estúpidos assim no Inferno. Por causa de idiotas desse naipe que os promotores tratam o público como bostas, já que eles se sujeitam a esse papel mesmo. E se foderam lindamente, já que os ingressos serão vendidos por telefone.

 

Já assisti mais shows internacionais do que consigo me lembrar, várias bandas MUITO melhores que qualquer coisa que o U2 já fez ou vá fazer, mas nunca pagaria esse mico de acampar na porta do estádio, mesmo quando era moleque inconsequente. O Rock’n Rio I , que foi um evento muito maior, as vendas foram tranqüilas. Comprei no primeiro dia, meses antes, em um banco, sem empurra-empurra. Os promotores só tratam o público dessa forma quando eles não se dão respeito.

 

Queria ver se ninguém comprasse o ingresso o que eles iam fazer. Pode ser que a banda não viesse dessa vez, mas esses promotores com certeza iriam á falência e quem sabe outros profissionais competentes conseguiriam fazer algo mais organizado.

 

Cheers,

 

Hank.

 


Som do dia: “The Other Way” do Weezer.




- Postado por: Hank às 21h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Fever Pitch

Febre de Bola

 

Li essa semana o livro “Febre de Bola” do Nick Hornby, uma autobiografia sob a visão de um torcedor fanático do Arsenal. Desse livro foi criado dois roteiros que terminaram em filmes: “Febre de Bola” e “Sorte no Amor”. Os filmes não tem absolutamente nada a ver com o livro, que só fala praticamente de futebol e não tem uma linha sequer de romance.

 

O livro tem muitas passagens que qualquer torcedor se identifica com o fanatismo. A parte que mais dei risada é quando ele fala das superstições. O mundo do futebol é mais cheio de superstições e mandingas do que qualquer religião. Parece que o futebol serve de “pára-raio” para tudo quando é bizarrice.

 

No livro ele cita que uma vez estava no estádio quando ele e dois amigos acenderam um cigarro e saiu um gol do time deles. Após isso, toda vez que o time precisava fazer um gol eles começavam a fumar. Outra vez ele estava ouvindo um jogo no rádio e como a situação estava preta ele desligou e começou a ouvir um disco de punk rock. Quando ligou o rádio o  Arsenal havia ganho o jogo e a partir daí ele sempre ouvia o disco durante os jogos para “dar sorte”. Coisas como essa existem em tudo quanto é torcida.

 

Eu também já tive algumas manias. Tenho minha “bandeira da sorte”, que me acompanha desde os anos 80. Não havia perdido um título sequer em que assisti com ela do lado, até que numa final de Copa do Brasil ela me “traiu” no último minuto do jogo e perdemos o campeonato. Tenho uma amiga que o marido acha que ela dá sorte quando assiste o Tricolor, quando ela sai de frente da TV o time leva gol. Na final do Mundial ela ficou praticamente amarrada do lado da TV, e mesmo depois de tomar várias latinhas de cerveja, ela só foi liberada para ir ao banheiro no intervalo e no final do jogo. Provavelmente o São Paulo foi campeão independente das idas ao banheiro dela, mas só sei que funcionou, he, he, he.

 

Sem contar as manias de técnicos, dirigentes e jogadores. Em 48 o presidente do Botafogo-RJ, Carlito Rocha “adotou” um cãozinho vira-lata, o “Biriba”, que havia invadido o campo, e com o cachorro indo á todos os jogos o time foi campeão carioca. Existia também umas superstições bravas com relação à abertura das cortinas de General Severiano em dias de jogos.

 

E as camisas dos técnicos. A imagem do Telê com aquela camisa vermelha está tatuada no meu cérebro. Acho que ele devia ter umas 80 camisas iguais. O Antônio Lopes então parece que saiu de um terreiro de macumba de tantas guias e patuás. O Zagalo então, já torra nosso saco em essa história de número 13 há décadas.

 

Jogadores então é uma festa. Entram só com uma perna em campo, goleiros dão tapinhas nas traves antes dos jogos, artilheiros que usam as mesmas cuecas nas finais, usam camisetas “da sorte” por baixo do uniforme, beijam medalhinhas, dão três toques na bola antes de cobrar uma falta, Etc.

 

Se superstições dessem certo o Bahia e o Vitória não teriam caído para a terceira divisão, o Brasil teria ganho a Copa de 98 e o Corinthians não teria ficado 23 anos sem ganhar nem par ou impar.

 

Cheers,

 

Hank

 


Indicação do dia: “Febre de Bola” (Fever Pitch) do Nick Hornby. Um livro Que fala de como é ser fanático por um time de futebol. É legal para conhecer como funciona torcer por um time na Inglaterra.




- Postado por: Hank às 14h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Misery, Not Memory

O Instituto Àgora , especializado em exercício de cidadania, bolou um prêmio sensacional: O Troféu Joinha. Ele será dado ao projeto mais exdrúxulo enviado á Câmara Municipal de São Paulo em 2005. A votação está aberta no site http://www.eleitor.org.br . Vejam com o que nossos representantes justificam seu salário, esses são alguns candidatos:

 

  • Criação do dia do Orgulho Heterossexual (Carlos Apolinário – PDT). Imagino um desfile na paulista com o Jesse Valadão em cima de um carro alegórico. Pra mim quem tem que se afirmar que é macho é na verdade uma bichona enrustida. Deve ser o caso do vereador, que deve ter lido a sugestão do Millôr e resolveu levá-la a sério.
  •  Concede o título de cidadão paulistano ao papa Bento XVI (Domingos Dissei – PFL). Será que o papa sabe ao menos onde fica SP? Quero ver ele vir aqui para receber, he, he, he.
  • Criação do Dia do São Paulo FC. (Aurélio Miguel – PL) .Acho que de tanto levar pancada, nosso medalhista olímpico perdeu a noção do ridículo. Dia do SP é o ano inteiro.
  • Criação do Dia do Palmeiras – (Edivaldo Estima – PPS).  Vai ser distribuída carne de porco gratuitamente? Distribuição de lenços verdes para chorarem os títulos perdidos?
  • Obriga mulheres a usar terno feminino no plenário da Câmara – (Átilla Russomano – PP). Concordo plenamente desde que os vereadores usem mini saia, bustiê e peruca loira em homenagem as mães deles que estão na zona.
  • Criação do Dia do Pico do Jaraguá – (Ademir da Guia) . O craque palmeirense depois de tantos gols, se meteu na política só pra dar bola fora. Primeiro foi com a denúncia que ficava com parte dos salários dos assessores e agora ele me dá uma dessas. Desse jeito vou começar a achar que o Zagalo tinha razão de ter sacaneado ele em 74.
  • Oficialização da pizza como prato típico paulistano – (Myryam Athie – PPS). Assim como o Chop Suey, o Big Mac, o Sushi, o vatapá e a rapadura, a pizza é paulistana. Os napolitanos nos copiaram por antecipação. Só que acho que pizza combina muito mais com Brasília.
  • Criação do Dia da Família Mineira – Agnaldo Timóteo – PP).  Conheço várias famílias mineiras, mas o que elas fizeram de mal para serem homenageadas pelo Timóteo?
  • Isenção de taxa de fiscalização sobre templos religiosos – (Carlos Apolinário – PDT). Ou seja, todo mundo tem que pagar imposto, mas quem ganha grana explorando os outros não.
  • Cancelamento de multas á candidatos por propaganda eleitoral irregular – (Antônio Carlos Rodrigues – PL). Concordo. Deve ser canceladas e passadas para o ilustre vereador pagar do próprio bolso, já que ele é tão generoso com o dinheiro alheio.

 Esses são só alguns projetos e o pior é que vários desses foram aprovados. Nada como ver que nossos vereadores estão tão empenhados, não é? A dedicação deles me surpreende. Depois quando falo que nunca mais voto em canalha algum tem gente que acha ruim. Esses caras daí de cima, na maioria das vezes já foram reeleitos várias vezes. Sempre tem um trouxa, mas eu não sou mais...

 

Cheers,

 

Hank


Som do dia: "Misery, Not Memory" do novo CD do Echolyn.



 

 



- Postado por: Hank às 19h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank