} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Battle Hymns

 Vocês gostam de músicas com mensagens pedindo violência? O que acham daquelas bandas de metal ou rap que mandam matar os inimigos para triunfo de uma raça? Uma babaquice, certo? Pois é, concordo. Então por que catzo todo mundo acha o hino da França maravilhoso? Entre as frases presentes no hino encontra-se: “Vêm eles até nós

Degolar nossos filhos, nossas mulheres. Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões! Marchemos, marchemos! Nossa terra do sangue impuro se saciará!”ou “Bem menos ciumentos de suas sepulturas teremos o sublime orgulho de vingá-los ou de seguí-los”. Não parece coisa do Manowar, aquela banda de Heavy Metal brega que tocam com umas tanguinhas de couro e só falam de batalhas?

 

Aliás, analisando os hinos dos países que estão disputando a Copa, são raríssimos os exemplos que não usam violência nos seus versos. Angola (Marchemos, combatentes angolanos, solidários com os povos oprimidos. Orgulhosos lutaremos Pela Paz), Brasil (“Se o penhor dessa igualdade, conseguimos conquistar com braço forte, em teu seio, ó liberdade, desafia o nosso peito a própria morte!” Ou “Mas, se ergues da justiça a clava forte, verás que um filho teu não foge à luta, nem teme, quem te adora, a própria morte.”). Costa Rica (“Quando alguém pretenda tua glória manchar, verás o teu povo, valente e viril, a tosca ferramenta por arma trocar”). Inglaterra (“Que Deus permita que o Marechal Wade possa, com auxílio todo-poderoso, trazer a vitória. Possa ele silenciar a sedição, e como uma torrente, varrer, os rebeldes escoceses até os esmagar.”). Itália (“Cerremos fileiras. Estejamos prontos para morrer.”). Polônia (“Bonaparte nos mostrou como deveríamos vencer. Marche, marche, Dabrowski...”). Portugal (Sobre a terra, sobre o mar. Às armas, às armas! Pela Pátria lutar. Contra os canhões marchar, marchar!”). Ucrânia (“Como o orvalho some com o sol da manhã, assim também desaparecerão nossos inimigos, e também nós, irmãos, governaremos terras que nos pertencem. Lutaremos com corpo e espírito para obter a nossa liberdade, e mostraremos, irmãos, que somos uma nação de Cossacos”) e por aí vai...

 

É engraçado ver homens e mulheres chorando emocionadas cantando uma música incitando morte, violência e guerra. Aí o filho deles compram um CD de Heavy Metal e eles enchem o saco dos pirralhos por causa das mensagens das letras, há, há, há. E o curioso é que as letras são nas línguas nativas, não tem nem desculpa de não saberem o que os caras estão falando, como acontece por exemplo com “Bohemian Rhapsody” do Queen. A música fala de um cara que está se despedindo da mãe por ter dado um tiro na cabeça de um figura e é atormentado por demônios. Só do que já vi de garotas pensando que é uma música romântica falando de amor, he, he, he.

 

Essa é uma das razões que eu acredito que pensar numa paz universal é algo utópico. O ser humano é um ser violento por natureza, uma espécie de pitbull com cérebro. Muitos são “domesticados” mas...

 

Esse lance de glorificação da violência é uma coisa que se aprende nas escolas, a partir da hora que aprendemos o hino nacional ou lendo a bíblia, alcorão ou vários livros religiosos. Existe mais violência nesses livros do que qualquer livro do Stephen King.

 

Acho que se um país se torna independente, na hora de fazer o hino eles deveriam contratar uma banda de Death Metal. Ia cair como uma luva, he, he, he. Lembre-se disso da próxima vez que ouvir  a Marselhesa,

 

Cheers

 

Hank

 


Som do dia: “Battle Hymns” do Manowar. A banda eu acho terrível, principalmente ao vivo, mas eles lançaram três bons discos no começo de carreira, com destaque á esse, o primeiro.




- Postado por: Hank às 06h33
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Sitting in My Room

entado no sofá assistindo a Copa cheguei a uma conclusão assistindo essa Copa: Ou o Galvão Bueno vive em um “universo paralelo” a lá “Matrix” ou senão deve estar tomando uns remédios tarja preta misturados com bebida. Ele está cada dia se superando na sua incansável batalha para nos encher o saco.

 

Teve um jogo que ele pegou no pé de um árbitro, porque o cara era detalhista e cumpria todas as regras como reversão ou tempo de posse de bola do goleiro. Ele ficou espinafrando o cara o tempo todo apesar do árbitro não cometer NENHUM erro no jogo todo. Ele maletou o cara por este estar cumprindo a regra.

 

No jogo do Brasil com a Austrália felizmente assisti pela ESPN Brasil. Qual foi minha surpresa em ver depois os comentários onde ele disse que o “Ronaldo voltou a ser o Ronaldo” ou que o “Fenômeno estava de volta”. Na boa, que jogo ele assistiu? Com certeza não foi o mesmo que passaram pra o Brasil. Ele acha que todo mundo é burro, que não consegue ver, então ele distorce, inventa uma mentira, que repetida várias vezes em cadeia nacional vira verdade.

 

Aliás, a transmissão da Globo é digna de pena. Primeiro tem aquele Noronha que não conhece nenhuma seleção e nenhum jogador. Ele trabalha com futebol, mas sempre que vai começar um jogo ele não sabe quem é quem e cai sempre nos chavões. E esse pessoal que ele não conhece são os mesmos que jogam semanalmente nos principais campeonatos europeus, que são transmitidos para o Brasil. Se for pra não conhecer nada deviam ter levado o porteiro da emissora pra comentar (apesar de que com a cara dele acho que foi isso que fizeram).

 

O Falcão e o Casagrande só falam o óbvio, e mesmo assim quando o jogo está 3 X 0 aos 44 do segundo tempo. Normalmente ficam bajulando os narradores. E os caras de pau dos comentaristas de arbitragem? Sem exceção eles eram árbitros péssimos, e depois que ganham um crachá da Globo viram especialistas. A sorte é que a memória do brasileiro é curta, não se lembram do montão de bobagens que fizeram nos campos. Aliás, comentaristas de arbitragem é uma coisa totalmente dispensável.

 

A BBC de Londres está com uma baita audiência. Eles colocaram um canal sem narração alguma, só som ambiente. Eles tinham um “Galvão” inglês, que falava muita besteira e ninguém agüentava mais. Fizeram a transmissão sem narradores ou comentaristas e foi um sucesso.

 

Se você assiste ao jogo com o Galvão narrando “por causa da emoção” então para, vai pular de pára-quedas ou vá fazer bungy-jump, que seu negócio não é futebol. Quem tem que emocionar são os jogadores, eles que fazem as jogadas e os gols, não uma besta quadrada que fica falando coisas sem nexo algum. Em SP uns caras estão ganhando uma grana, inventaram um boneco chamado “Bobueno”, um João-Bobo com a cara do Galvão, pra você dar porrada quando ele fala alguma besteira. Infelizmente eles se esgotaram e não consegui meu exemplar.

 

Semana passada eu assistia TV de madrugada quando entrou o Plantão da Globo dizendo que havia falecido um membro da equipe. Em segundos torci para que fosse o Galvão, mas infelizmente foi um dos caras mais legais da emissora, o Bussunda. Puta bosta.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Sitting in My Room” do Ramones.




- Postado por: Hank às 19h55
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Cheating At Solitaire

Uma vez eu disse aqui que se tem uma coisa que mulher não precisa se preocupar é de um homem dar bola para alguma mulher enquanto estivesse assistindo um jogo de futebol. E um dia desses saiu uma matéria ótima sobre assistir aos jogos do Brasil em puteiros. Não deixa de ser engraçado, pois tem uma parte que uma garota vai fazer um striptease no intervalo, mas como o jogo vai recomeçar ela é tirada de cena ainda com roupa. Outra “profissional” diz que não consegue fazer nenhum programa durante o jogo porque nenhum cliente quer perder algum gol.

 

Futebol e mulher são algo que definitivamente não se misturam, ambas as coisas tem seu devido e importante lugar. Você não vai deixar de sair com aquela garota maravilhosa para assistir Olaria X XV de Piracicaba, mas também não vai perder seu time na final da Libertadores para assistir aquele filme russo com dublagem em espanhol que aquela gata intelectual curte.

 

Um amigo com quem eu freqüento estádios uma vez estava com um problema, o São Paulo ia decidir o campeonato e no mesmo dia a namorada dele marcou um compromisso bem estúpido, tipo “almoçar na casa da mãe”. Se ele falasse que não ia ela iria fazer um escândalo. Ele com o ingresso comprado há dias não falou nada pra ela, no dia ele ligou pra ela de um orelhão na porta do estádio e falou que ia no jogo, aí “caiu” a linha. Ele disse: “Foda-se, amanhã vou ouvir pra caralho, mas se eu falasse que não iria antes eu teria ouvido antes e depois”.

 

Uma vez eu viajei com uma namorada, e por um acaso tinha um jogo importante da Libertadores. Nossos planos era chegar à cidade e sair pra uma balada, só que eu, esperto, resolvi “preparar um jantar” pra comermos antes de sair, e já que a televisão estava lá, liguei e para minha “completa surpresa” estava passando o jogo do SPFC! Por um acaso demorei 90 minutos para terminar o jantar.

 

Mas tem vezes que as mulheres vencem. Uma vez estávamos numa final de campeonato no Morumbi, havíamos chegado as 11:00 hs da manhã no estádio e o jogo era só as 16:00 hs. As 15:40 hs a namorada de um amigo disse que estava passando mal e queria ir embora, na verdade não era nada sério, mas ela se encheu e quis ir pra casa. Meu amigo levantou e foi pra casa. Eu e meus colegas ficamos com o queixo no chão, pois era a final mais mole dos últimos tempos. No final tudo deu certo, ele se casou com a garota e nós fomos campeões.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Cheating At Solitaire”, projeto “Contrycore” do vocalista do Social Distortion, Mike Ness.




- Postado por: Hank às 09h44
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank