} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Fashion

Durante a semana do São Paulo Fashion Week, todos os telejornais e portais de internet dedicam-se a mostrar as novas tendências da moda. Pra quem curte esse tipo de coisa OK, eu acho tudo um troço meio esquisito, pois 90% das roupas apresentadas são impossíveis de serem usadas fora das passarelas, pois nunca vi nenhuma mulher com os seios de fora no ônibus (o que é uma pena).

 

Uma coisa que me deixa decepcionado são essas modelos anoréxicas. Não existe nada mais broxante do que ver essas garotas. Elas geralmente têm rostos lindos, mas são totalmente desprovidas de sex-apeal.  Não dá o menor tesão, tanto que elas aparecem seminuas e não dá pra sentir nada. São meros cabides de carne o osso. Além de tudo elas estão sempre de cara amarrada. Pudera, pois se tivesse que ficar tomando alguma porra de sopinha diet em vez de um bifão com fritas e ovo, ficaria com cara feia também.

 

Em uma pesquisa inglesa recente, foi questionada para as mulheres qual personalidade tinha o corpo ideal. A vencedora foi Kate Winslet, a estrela do Titanic e em último lugar ficou Victoria Beckham. Eu achei isso muito legal. Kate tem um corpo muito bonito, o de uma garota normal, que de vez em quando está mais “cheinha” outras mais magra, rosto bonito, mas nada fora do comum, é como se simbolizasse a nossa vizinha ou a garota que atende no bar do lado. É aquele tipo de garota que não deixa de tomar uma cerveja ou comer um churrasco para ficar esquálida.

 

Victoria Beckham já simboliza o oposto, é aquele tipo de mulher que come só comidas sem gosto, vomita o almoço, não bebe, tem pavor de uma picanha, e que o culto ao corpo é o mais importante. Tem tudo para ser uma chata de galochas, uma mala sem alça. Deve ser um saco sair com essas modelos.

 

Eu não sei quem impõe esse padrão de beleza para modelos. Acho que deve ser coisa de viado, de gente que não gosta de mulher. Afinal homem gosta de seios e bunda e aqueles “cabides” não têm nada disso. O pior é que tem mulher que acha que essas modelos são referências pra alguma coisa, tsc, tsc, tsc.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Fashion” do David Bowie.




- Postado por: Hank às 11h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




PFM

Hoje é comemorada em São Paulo o “Dia da Pizza”. Independente do que muita gente possa pensar, não tem nada a ver com nenhuma CPI e sim com o prato predileto dos paulistanos, nossa adorada pizza.

 

Eu sou suspeitíssimo pra falar de pizza. Como no mínimo uma por semana, que dá 52 por ano, uma média anual bem respeitável por sinal. A pizza paulistana é inimitável, não sei o porquê. Sempre que viajo acabo caindo em pizzarias e fora do estado é curioso, pois apesar de acabar encontrando boas pizzas, sempre “falta alguma coisa”. Um amigo gaúcho que morou muitos anos em SP, sempre que vem pra cá me faz correr para levá-lo para comer pizza, e ele as devora como se nunca tivesse visto uma na vida, he, he, he.

 

A melhor pizza que comi não foi em nenhuma pizzaria famosa. Muitos anos atrás minha turma tinha uma tradição de todo domingo sairmos para comer pizza. O tio de um amigo tinha uma pizzaria pra viagem, perto do Detran. Nós íamos numa Kombi, estacionávamos na frente, abríamos o capô traseiro para colocar a “redonda” e comíamos na rua, sem pratos ou talheres, com guardanapo. A pizza não era feita por nenhum italiano, mas como em 99% dos casos, por um nordestino. Acho que os italianos inventaram a pizza, mas os nordestinos a aperfeiçoaram.

 

Quando era moleque quando eu e meu primo marcávamos para ir num rodízio de pizza, nós ficávamos sem almoçar, só pra fazer disputas de quem comia mais. Comíamos no mínimo doze pedaços. E eu era magro! Há, há, há.

 

Quem nunca queimou o céu da boca por não esperar o catupiry esfriar? Não é uma das piores sensações do mundo? Aliás, eu lembro de uma vez que uma namoradinha da época de adolescente chamou a mim e um amigo para comer pizza no apartamento dela. Só que a pizza era horrível, um catupiry muito ruim. Quando ela foi à cozinha eu e meu colega olhamos um na cara do outro e jogamos os pedaços pela janela. Ela adorou saber que havíamos devorado nossa pizza com tanta velocidade, mas fomos obrigados a recusar um novo pedaço por estarmos com pressa para ir embora he, he, he.

 

Se existisse pizza na época de Cristo aposto que na última ceia ele pediria uma pizza. É o prato ideal para quando se está com os amigos. Pizza é uma unanimidade e principalmente a de mussarela, que agrada tanto os meus amigos vegetarianos quanto aos “carnívoros”. Pedaços que são devorados com pratos feitos da tampa da embalagem, estrategicamente cortados em formato triangular.

 

Hoje não vou comer nenhuma pizza, mas prometo devorar uma bela pizza até final da semana, em homenagem ao tetracampeonato da “Azurra”.

 

Cheers,

 

Hank


Som do dia: “Premiata Forneria Marconi” – Ótima banda italiana de progressivo



- Postado por: Hank às 18h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Memórias de Minhas Putas Tristes

Eu li no blog No Mínimo, na coluna do Guilherme Fiúza, um post sobre o Ministério do Trabalho e Emprego absolutamente sensacional e hilário. O jornalista fala a respeito da classificação 5198 da tabela da Classificação Brasileira de Ocupações, que é destinada as “Profissionais do Sexo”, ou como está detalhadamente descrito no site do ministério: “Garota de programa, Garoto de programa, Meretriz, Messalina, Michê, Mulher da vida, Prostituta, Puta, Quenga, Rapariga, Trabalhador do sexo, Transexual (profissionais do sexo), Travesti (profissionais do sexo)”.

 

A cartilha é maravilhosa. Se você pensa em se tornar uma puta ou travesti o Governo te apóia e dá dicas de como se tornar uma profissional bem sucedida. Cita na parte que ensina a “Batalhar Programa” atividades como: “Seduzir com o olhar”, “encantar com a voz”, “seduzir com apelidos carinhosos”, “satisfazer o ego do cliente”. Isso quer dizer que aquela puta que você pegou e elogiou seu pau, nada mais quer dizer que ela estava seguindo a cartilha do governo, he, he, he.

 

A parte dedicada á atividades relacionadas com atendimento á clientes temos: “Realizar fantasias eróticas”, “fazer streap-tease”, “fazer carícias”, “relaxar o cliente com massagens”, “inventar estórias”, “manter relações sexuais”, etc. Vou até parar por aqui que já estou ficando excitado...

 

Eu acho que é a BRUNASURFISTINHALIZAÇÃO do país. Talvez se aproveitando do êxito editorial da nossa companheira blogueira, o ministério resolveu entrar de embalo. Afinal a Bruninha aqui no nosso país virou um exemplo de profissional bem sucedida e a promessa do Lula era gerar mais empregos e incentivar o surgimento de novos negócios, não é? Ela pelo menos “deu duro” pra chegar onde chegou.

 

Não tenho absolutamente nada contra as putas, muito pelo contrário, fiz até um post alguns anos atrás falando que ia fazer o movimento “Pró puta”. Acho que elas têm que receber a atenção e respeito como qualquer profissional, etc. O lance é que uma “cartilha” dessas é algo inútil, é como querer ensinar gato a miar. Ou alguém acha que uma profissional da profissão mais antiga do mundo não sabe o que fazer?

 

Acho que o trabalho de pesquisa teve um material farto, afinal devem ter juntado as mães dos dePUTAdos que aprovaram o projeto de trabalhar três dias por mês com salário integral para que eles possam fazer campanha, para ajudar na elaboração da cartilha.

 

Cheers

 

Hank

 


Livro do dia: “Memórias de Minhas Putas Tristes” – Ótimo livro do Grabriel Garcia Márquez.




- Postado por: Hank às 22h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Bye Bye Brasil

Hoje acordei com a música do Chico Buarque na cabeça, trilha do filme de 79 do Cacá Diegues, “Bye, Bye Brasil”, um dos poucos filmes nacionais que prestavam naquela época. Penso na música como trilha para a despedida do Brasil da Copa da Alemanha.

 

É engraçado como não se vê um único comercial falando de futebol. Até as 4 da tarde de sábado não tinha uma propaganda, que fosse de refrigerante á barbeador, que não tivesse uma bola ou as cores da seleção.

 

Não é tudo uma coisa falsa e forçada? Esse “patriotismo” forçado é ridículo. De uma hora pra outro se tornou obrigatório ter bandeiras penduradas na janela, usar uma camisa da seleção ou pintar a cara como palhaço. Muita gente ganhou uma grana preta com isso. Os camelôs da 25 de Março devem estar até chorando com o resultado do jogo.

 

Eu adoro futebol. Sou viciado em Copa, assisti quase todos os jogos e se dependesse de mim a Copa duraria uns 8 meses he, he, he. Nos dias que não tem jogo de futebol na TV eu fico parecendo aqueles viciados com “síndrome de abstinência”. Eu gosto de futebol bem jogado, com gols e jogadas então sinceramente não fiquei surpreso da seleção ter dançado. Estávamos empurrando com a barriga desde o começo do campeonato e não mostramos um futebol além do razoável.

 

Eu sempre detestei o Parreira. Quando ele foi técnico do São Paulo eu pedi “licença” para não torcer pelo meu time do coração enquanto ele fosse o técnico. Conseguiu a impressionante marca de ficar mais de 40 dias sem ganhar um jogo. Só que jogar toda a culpa nele é ridículo. Todo mundo sabia que alguns jogadores nunca deveriam ter sido convocados ou escalados, os métodos de treinamento foram muito mal, os dirigentes que nos fizeram jogar com perigosas potências como a Nova Zelândia, para dar a impressão que tínhamos um bom time. Mais ou menos como os lutadores fazem quando conquistam um título e pegam uns “galinhas mortas” para ficar enrolando e faturando.

 

A imprensa também tem sua parcela de culpa ao repetir insistentemente bordões como “só se ganha Copa jogando futebol feio”, “Quarteto Mágico” (ou trágico), etc. A maioria dos comentaristas deveriam se aposentar de vez. Deveriam é comentar comerciais da Nike e da Adidas, que mostram uma ilusão que não existe.

 

Ontem eu fiquei com uma baita inveja. Assisti Portugal e vendo o Felipão dá até raiva, pois não consigo entender como não temos esse cara do nosso lado. Horas depois eu fiquei maravilhado com o Zidane. Ele quebrou aqueles caras que falavam que ele estava velho e acabado. Ele foi um monstro e acabou com o jogo, deu passes fantásticos, jogadas de efeito e só faltou o gol. É uma pena que ele vá se aposentar, pois um gênio como ele não poderia parar nunca, pelo menos enquanto o Zagalo, Parreira e alguns “jogadores” da nossa seleção continuar jogando. Engraçado é que um dia antes o Zagalo disse que o Zidane não mereceria nenhuma marcação especial. Ele insistiu com o mesmo erro duas vezes, o que nos custou duas copas. Parabéns velho gagá!

 

Cheers,

 

 

Hank

 


Filme do dia; “Bye Bye Brasil” de Cacá Diegues.




- Postado por: Hank às 16h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank