} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Never the Same

O que seria a indústria de tintas se não fossem as mulheres? Elas cismam de mudar as cores de tudo: Tocam as cores do cabelo, da sobrancelha, passam batons, pintam as unhas, colocam lentes de contatos coloridas, fazem bronzeamento para ficarem morenas e quando achava-se que não tinha mais nada pra pintar uma delas olhou para os pentelhos e bingo! Estava criada a chavasca colorida.

 

Nancy Jarecki estava um dia em um cabelereiro em Roma e observou uma coisa bastante curiosa: Após algumas clientes tingirem os cabelos o cabeleireiro passava para elas um pacotinho marrom, discretamente embrulhado. As clientes abriam um sorriso e agradeciam esfuziantes. Curiosa, ela perguntou a recepcionista do que se tratava e ela disse que era tintura para as clientes colorirem os pelos pubianos. “Afinal, quem não quer ser uma loira verdadeira?”

 

Ela pegou a idéia, contratou um pessoal que desenvolveu a fórmula que deu origem ao “Betty Beauty” a primeira tintura exclusivamente para os pelos da buceta. E em cinco versões: Brown Betty, Blonde Betty, Auburn Betty, Black Betty e Fun Betty (rosa choque). Isso quer dizer que para nós homens será mais difícil descobrir se a garota é uma “loira autêntica” Há, há, há.

 

Acho legal esse lance das mulheres com suas tinturas de cabelos. Já vi casos cômicos com algumas amigas. Uma vez uma quis ficar loira na marra e quando viu o cabelo ficou esverdeado. Pra quem queria parecer a Marilyn Moroe ficar parecida com a Mulher Hulk definitivamente não a tornou mais popular. Tenho também algumas amigas que conheço á muitos anos e já que eu nunca tive a oportunidade de vê-las nuas acho que nunca vou saber a real cor do cabelo delas. Como diz um amigo: “O que Deus não deu a farmácia vendeu” .

 

Voltando aos pelinhos tingidos, fico imaginando a garota tirar a calcinha e o cara ver uma buceta pink na frente! Acho que minha reação depois de me concentrar bravamente  para não cair na gargalhada seria cair de boca para ver se não é de algodão doce!

 

Eu já namorei loiras naturais e artificiais e posso garantir que nunca fiquei decepcionado com a cor dos pentelhinhos quando alguma delas tirou a calcinha. Aliás, juro que a última coisa que eu estava pensando na hora é qual a cor verdadeira do cabelo delas. Por mim a “danada” pode parecer propaganda da Bennetton que eu não tô nem aí!

 

Cheers

 

 

Hank

 


Som do dia: “Never the Same” do Echolyn.


 



- Postado por: Hank às 20h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Flying High Again

Esses dias faz 100 anos do vôo do 14 Bis em Paris. E nós brasileiros para nos diferenciar de qualquer outro povo, que faria ao inventor inúmeras homenagens cafonas resolvemos lembrar a data ao nosso estilo: com uma puta bagunça nos aeroportos. Tá uma zona tão grande que já tem gente pesquisando na internet o nome da mãe do Santos Dumont só pra lhe fazer uma singela homenagem.

 

Cem anos atrás tinha gente que duvidava que o ser humano pudesse levantar vôo com um avião. Hoje estamos na mesma situação, basta chegar no aeroporto e falar que quer voar no próximo vôo. Aposto como vão achar que você é maluco, há, há, há.

 

O saguão do Aeroporto de Congonhas está mais parecido com o da antiga rodoviária. O pessoal está querendo pular pra dentro do balcão das companhias e meter a mão nos funcionários. Pudera, pois ficar mais de cinco horas na espera é muito chato.

 

Cinco horas esperando para embarcar deve tirar o bom humor de qualquer um. Cinco horas daria para assistir uns dois filmes, jantar e sair para o motel com a gostosa do balcão da TAM, ir para o Rio de carro ou pegar um táxi até o Morumbi para assistir um jogo do Tricolor e voltar a tempo para pegar o vôo.

 

É bizarro como esse pessoal de classe mais alta quando se vê numa situação dessas age igualzinho o pessoal da periferia quando o busão atrasa. É baixaria atrás de baixaria e normalmente direcionando a raiva para gente que não tem nada a ver com o peixe.

 

Acho cômico que querem organizar uma Copa do Mundo aqui. Vocês já imaginaram se acontece um troço desses no meio da Copa? Imagine os jornalistas, torcedores e até times, presos no saguão dos aeroportos sem saber pra onde ir.

 

Nessa briga eu estou do lado dos controladores de vôo, pois eles sofrem uma pressão desgraçada, não podem falhar nenhuma vez senão dá a merda que deu recentemente, e o salário não é nenhuma Brastemp. Se eles trabalham mais horas que o ideal então tem que se ver isso. Não gostaria de voar sabendo que o cara que cuida da segurança do meu vôo está a beira de um surto de stress.

 

Esse “apagão aéreo” é um marco na nossa incompetência estrutural. Realmente nossa aviação está num patamar péssimo. Primeiro foi o lance da Varig, depois o acidente da Gol e agora essa bagunça. A única coisa boa ligada á aviação que eu vi foi a Playboy com as comissárias da Varig.

 

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Flying High Again” do Ozzy.




- Postado por: Hank às 18h53
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Eu Gosto é de Mulher

Com o encerramento das atividades do Barzabum, começo a publicar o “Hank’s TV” aqui nesse blog todo sábado, onde eu coloco alguns vídeos de música.

O tema de hoje é a melhor coisa que foi inventada: Mulher. Como diria o Roger do Ultrage, eu gosto é de mulher!!!!!. Vou colocar aqui alguns vídeos de bandas com mulheres que curto bastante.

IT’S OH SO QUIET – Björk (1995)  - Eu amo a Björk, ela tem talento, é extremamente inteligente e tem ótimos vídeos. Tudo que ela faz acaba dando certo, como, por exemplo, da primeira vez que atuou em um filme ganhar a Palma de Ouro em Cannes como melhor atriz. Ela tem vídeos fantásticos, mas escolhi esse por ser bem divertido.

 

SEX IS NOT THE ENEMY – Garbage (2005) – Taí uma banda bem pop que sempre curti. Lançou quatro CD’s infelizmente encerrou suas atividades esse ano, Shirley Mason além de linda tem uma presença de palco fantástica. O baterista Butch Vig é um produtor de sucesso, que produziu apenas o CD mais importante das últimas décadas, o Nevermind do Nirvana.

 

WHERE HAVE ALL THE COWBOYS GONE – Paula Cole (1996) – Descobri Paula Cole em 94 quando ela entrou como backing vocal do Peter Gabriel na turnê Secret World Live. Ela além de cantar toca piano muito bem. Nesse álbum o baixista é o inigualável Tony Levin e o Peter Gabriel faz uma participação. Aqui no Brasil ela é mais conhecida pelo outro single I Don’t Want to Wait, música tema do seriado Dawson’s Creek.

 

THE STORM – Karnataka (2000) – Essa é uma banda galesa de prog-folk–pop–rock. Eles lançaram dois CD’s e acabaram. Voltaram recentemente e estão na produção de um novo trabalho com uma nova vocalista no lugar da ótima Rachel Jones. Acho uma banda muito interessante e o CD “The Storm” é muito agradável.

 

 

Cheers,

Hank



- Postado por: Hank às 10h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Frame by Frame

Atualmente ando numa fase de assistir filmes de terror, principalmente orientais. É mais ou menos como escolher um filme pornô. Ninguém vai ler o roteiro ou ver quem é o diretor pra escolher o filme, no pornô repara-se mais no tamanho da bunda ou dos peitos da mulher da capa. No caso do filme de terror japoronga não adianta tentar ver o nome dos atores pois todos tem nome de pasteleiro e como eles são todos parecidos então escolho o filme que a gorotinha da capa tem o pescoço mais retorcido.

 

Esse lance dos atores serem parecidos é real. Um dia desses peguei um filme e demorei 45 minutos para descobrir que a estudante, a fotógrafa e a atriz eram pessoas diferentes. Porra, porque não pintam o cabelo das personagens de cores diferentes? Há, há, há.

 

Raramente eu consigo ficar menos de meia hora para escolher um filme. Aí o figura do balcão se enche da minha fuça e pra se livrar de mim tenta me jogar alguma bomba de Hollywood que ficou encalhada.

 

“Posso te ajudar?” Porque será que todo funcionário de locadora tem que fazer essa pergunta quando você está concentrado escolhendo um filme para assistir? Deve ter escrito em algum manual que o cara tem que agir dessa forma. Fico acompanhando os lançamentos, vejo quem dirigiu, os atores principais, roteiro, faço uma baita seleção pro cara da locadora chegar pra mim e perguntar se eu assisti “Mais Velozes e Furiosos”?

 

É curioso que você sai de casa pra ir à locadora com uns cinco filmes na cabeça. Você procura e não acha quatro, olha pro lado e o quinto sempre tá na mão de algum outro cliente, aí você fica secando para ele devolver na prateleira. Fica seguindo o cara por dez minutos e nada, pois o pateta quer mostrar o filme que ele já assistiu no cinema para o amigo da prima da sua namorada.

 

Outra coisa que é batata: Toda vez que você vai procurar um filme ou seriado que tem seqüências ou temporadas, você nunca acha a parte que você está procurando. Se você quer assistir, por exemplo, a terceira temporada de Friends, é certeza que vai ser a única que vai estar alugada.

 

Fico às vezes observando a cara do pessoal que entra no reservado para os filmes pornôs. Normalmente se é um casal, o cara entra, dá uma pescoçada pra ver se não tem ninguém e aí a mulher entra correndo tentando ser discreta. Aí o casal escolhe um filme com o singelo nome de “Penetrações Anais no Colégio de Freiras” e ao encontrar a vizinha que está alugando “Os 10 Mandamentos”, faz de tudo para esconder a caixinha do raio de visão da fofoqueira. Aí o caixa pega o filme, olha o nome e dá uma secada de cima a baixo na mulher do cara há, há, há.

 

Bom, fim de semana tá aí, sem mulher na parada então o jeito é ir á locadora procurar minhas japinhas de pescoço torto, he, he, he.

 

Cheers

 

Hank

 


Som do dia: “Frame by Frame” do King Crimson. Aproveito também para indicar o filme de terror tailandês “Espíritos”, ótima pedida para o fim de semana, só que você nunca mais vai querer olhar para debaixo da cama, he, he, he.




- Postado por: Hank às 19h53
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




School of Rock

A UNISINOS, faculdade de São Leopoldo - RS está com um novo curso chamado: "Curso de Formação de Músicos e Produtores de Rock", que têm como objetivo "formar um profissional para a área da música que tenha capacidade de gerenciar sua própria carreira, que saiba discorrer sobre a história do rock com apurado senso estético, relacionar-se fluentemente com os meios de comunicação e utilizar adequadamente as ferramentas tecnológicas e a internet. Enfim, que ele seja capaz de incutir nas pessoas um novo entendimento do papel do músico hoje em dia". Daqui a pouco algum idiota vai pedir diploma para se tocar rock em algum boteco.

 

Tem certas coisas que não se apreende na escola e tenho certeza que Rock’n Roll é uma delas. Imagina a cena de um cara que ouviu pagode a vida toda, entra numa faculdade e sai discutindo a diferença do King Crimson com o Pink Floyd ou se o João Gordo deveria lançar um disco solo.

 

Chega a ser gozado. Fico imaginando quem eles vão selecionar para “professores”, há, há, há. Será que o reitor vai a um show e depois escolhe o cara que estiver mais batendo a cabeça na beira do palco? Qual será o critério? Pois se eles forem procurar alguém que manje de rock na grande imprensa tá fodido. A crítica musical nos grandes jornais ou revistas semanais são patéticas, com raras excessões. A maioria critica o João Gilberto da mesma forma que o Sepultura, ou seja, não entende nem de uma coisa nem de outra, então só enrolam o leitor.

 

Entre os tópicos ensinados tem coisas como “Legislação Musical”. Isso é uma estupidez, pois o músico sempre tá ferrado. É EXPLORADO com coisas inúteis como a Ordem dos Músicos do Brasil ou o ECAD que teoricamente deveria proteger os músicos, mas na verdade só fodem tudo e protegem sempre “os mesmos” da curriola. Será que vão ensinar como se paga jabá para fazer sua música tocar na rádio ou TV?

 

Uma vez no Colegial uma professora de alguma matéria estúpida pediu para fazermos um trabalho com o tema livre. Como eu e meus dois colegas inúteis não havíamos feito nada em duas semanas no dia da apresentação eu falei que íamos fazer um trabalho sobre a História do Rock. Gravei uma coletânea em casa, fomos lá pra frente e falei de improviso por meia hora. Por incrível que possa parecer nosso trabalho foi o melhor e a professora queria que apresentássemos em outras classes, o que rapidinho dei um jeito de sair fora. Alguns amigos assistiram pelas janelas e me cumprimentaram pela magnífica cara-de-pau, há, há, há.

 

Eu acho que é mais ou menos isso. Uma enrolação onde um trouxa paga por algo que está disponível no nariz dele de graça. Música quando tem que ser explicada é porque o cara que a compôs não teve a competência para transmitir o que queria.

 

A única parte que acho legal é a parte ligada á produção. Só que se o cara ficar limitado a só trabalhar com rock vai ser uma bosta de produtor. Os melhores produtores do mundo são aqueles que podem produzir qualquer estilo.

 

Cheers,

 

Hank


Filme do dia: “School of Rock” com o Jack Black. Parece que a vida imita a arte novamente.




- Postado por: Hank às 19h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




The Best of Both Worlds

Quem você prefere?

Confira no

BARZABUM

 



- Postado por: Hank às 08h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A Volta dos Mortos -Vivos

Ontem como eu falei no post anterior, fui à Zombie Walk. Cheguei lá um pouco antes e fiquei olhando pra ver o que rolava. Tinha umas 25 pessoas e umas três vestidas de mortos-vivos. Achei que o negócio não iria ser lá essas coisas e fui para um bar próximo tomar umas cervejas.

 

Estava lá sossegado quando entraram o três zumbis mais podres e horríveis que já vi. Totalmente caracterizados como os piores pesadelos de George Romero. Olhei pra trás e tinha um outro zumbi pedindo pra ir ao banheiro e outro comprando cigarros. A cara dos freqüentadores do boteco era impagável.

 

Voltei ao Masp e tinha várias centenas de pessoas esperando a caminhada. O pessoal que aguardava na fila para entrar no museu não estava acreditando. Pontualmente às 3 da tarde a zumbizada foi convocada a se reunir e começar a marcha. Simultaneamente começou a chover, e não era uma garoa não, mas sim uma PUTA chuva.

 

O pessoal não perdeu a pose e mesmo na chuva arrastaram seus corpos putreficados pela Paulista, gritando “Cérebro!!!!!!!!!” “Braiiiiiinnnnn” Há, há, há. Como havia muita gente e chovia demais o pessoal se dispersou, então ao invés de um grupo compacto tinhas dezenas de grupos com 15 ou 20 zumbis.

 

Era engraçado quando parava algum ônibus no ponto ou no farol e a zumbizada ficava fazendo caretas para os passageiros. Outra coisa cômica era o fato de vários zumbis usarem guarda-chuva há, há, há. Quer cena mais patética que isso?

 

Passamos por dois cemitérios e teve um pessoal que fazia o sinal da cruz ao verem as aberrações. Tinha um zumbi esverdeado que foi chamado de Sherek por um frentista e todo mundo caiu na gargalhada. O evento terminou em uma casa onde rolou um show e sorteio de brindes.

 

Foi tudo muito divertido. E tinha umas zumbizinhas tão interessantes que mudei radicalmente minha posição sobre necrofilia, he, he, he. Esse evento já entrou no meu calendário anual de baladas obrigatórias.

 

Cheers,

 

Hank


 Filme do dia: “A Volta dos Mortos-Vivos”


 



- Postado por: Hank às 09h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Zombie Stomp

 

Um amigo, companheiro de blog no Barzabum, é fanático por filmes de zumbis e ao ver algum filme do George Romero, (diretor de cinema que praticamente criou a mitologia dos zumbis) e depois de umas cervejas e comida farta, se viu nos braços de Morpheus brigando contra mortos comedores de cérebros e não teve dúvida de dar uma porrada no primeiro zumbi que apareceu na frente.

 

Pena que no mundo real quem estava dormindo do seu lado era a sua esposa, que sonhava tranquilamente o sonho impossível do time dela ganhar o campeonato. Então foi tirada dos seus devaneios com uma cacetada destinada á um zumbi. Ela acordou muito puta e deu uma bronca no marido. Há, há, há.

 

Hoje vai ter um São Paulo um troço muito engraçado que acontece em várias partes do mundo, a “Zombie Walk”, onde pessoas vestidas de zumbis fazem um desfile ao céu aberto. Imagine como deve ser ridiculamente engraçado. O lugar do encontro vai ser as 14:00 no vão do MASP e a zumbizada vai andar até os cemitérios próximos.

 

Lógico que vai ter gente chata falando que é uma idéia ridícula, mas no mesmo lugar tem a Parada Gay, aonde milhares de pessoas vão com roupas ridículas. Qual a diferença de um maluco vestido de zumbi e um doido de drag queen? Talvez que eu sairia com uma zumbizinha, mas nunca com uma drag, he, he, he.

 

Isso é um evento chamado de “Flash Mob” (multidão instantânea), onde pessoas combinam um encontro em um lugar específico, com uma coreografia previamente combinada, sem ter algum sentido aparente, apenas por entretenimento. Uma vez em São Paulo foi combinado um encontro em um farol da Avenida Paulista. Assim que o farol ficou verde, o pessoal ao invés de atravessar o sinal, arrancaram os sapatos e começaram a bater no chão como se estivessem matando baratas, há, há, há. Logo em seguida todo mundo se levantou e a multidão se dispersou.

 

Uma caminhada de zumbis é idiota, OK, mas é exatamente o que temos que fazer constantemente ao ir trabalhar, ao ser obrigado a sair de casa pra votar, ao pegar fila em um banco, etc. Então já que é assim eu vou lá assumir meu papel de morto-vivo. Se quiserem me encontrar por lá é só procurar pelo zumbi mais bêbado, ou vocês acham que eu encaro uma dessas sóbrio?

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Zombie Stomp” do Ozzy.


 



- Postado por: Hank às 08h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank