} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Turistas

Uma verdadeira bomba cinematográfica está para estrear nos EUA, um filme chamado “Turistas” que se passa aqui na Terra do Ziriguidum Teléco Teco Balacobaco. Até aí nada demais, o que tem de filme ruim com o Brasil de pano de fundo não tá no gibi. O que vai pegar é o enredo do filme.

 

O filme fala de uns turistas americanos que vem passar férias no Brasil e caem em um golpe tipo “boa noite Cinderela”. Aí são assaltados e deixados em uma floresta (Nota, o Rio de Janeiro é vizinho da Amazônia, é claro). Depois são vítimas de quadrilhas que roubam os órgãos de estrangeiros. Um filme tipo “Bruxa de Blair”, com samba, biquíni e futebol.

 

Eles fizeram um site para divulgar o filme que é um troço engraçado de tão patético, vejam aqui. E o trailer então?

 

Eu não me sinto nem um pouco ofendido nem surpreso com isso. Nessa semana roubaram um ônibus com turistas no Rio, assassinaram também um outro na praia recentemente, e o secretário da segurança fala de escolta para os estrangeiros. Felizmente esses tipos de coisa só acontecem com quem vem de fora, e aqui não acontecem crimes contra nós, locais, não é?

 

Já estou até vendo o que vi acontecer: O governo vai meter o cacete, vão fazer um baita escândalo (como fizeram com os Simpsons) e no final essa bomba vai ter mais mídia do que se ficassem calados. Pode esperar.

 

Os filmes nacionais só mostram o Brasil desgraçado. Nosso filme de maior sucesso internacional, o tão falado “Cidade de Deus” é o quê? O Zé Pequeno faz um Jason Vorheess parecer um amador. Quer dizer que só nós podemos “queimar o nosso filme”, se for um estrangeiro é proibido?

 

 O filme nacional “Anjos do Sol” falava de prostituição infantil, “Carandiru” sobre massacre carcerário, “Central do Brasil” sobre pobreza e por aí vai. Se os próprios brasileiros não falam bem do Brasil vão querer que um americano que acha que a capital é Buenos Aires fale o quê?

 

Se você ficar com a cabeça quente, deixa eu te contar uma coisa: O King Kong nunca subiu no Empire State, o Darth Vader nunca tentou matar o Luke Skywalker, nenhum exterminador robô vai vir do futuro para matar ninguém, os peitos da Pamela Anderson não são reais e o Mago Gandalf é na verdade um velho baitola. Cinema é ficção, não deve se confundir com a realidade, então não é para ser levado á sério mesmo.

 

Cheers,

 

Hank

 


Indicação do dia: “Brazil” – filme dirigido pelo espetacular Terry Gillian. Esse filme é uma versão paranóica de “1984” do George Orwell. Muito bom



- Postado por: Hank às 06h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




On a Island

Saí do trabalho pontualmente ás 17:45 hs. Inexplicavelmente a chuva que estava ameaçando cair á horas cai em baldes justamente naquele momento. Olhei para o lado e havia três garotas arrasadas por estarem presas bem na hora de ir para casa. Olhei pra elas e perguntei quem gostaria de ir para o “Bar do Bigode”, que fica a 10 metros de distância esperar a chuva passar. A resposta como imaginei foi que uma delas preferiu sair como uma maluca na chuva e as outras duas resolveram esperar um barco ir socorrê-las na empresa á ir comigo ao boteco.

 

Dei risada e fui correndo ao Bigode. Eu pessoalmente adoro beber sozinho. Nunca tive o menor problema com isso. Eu curto ficar em um cantinho, totalmente discreto observando o que rola no bar. Acho divertido, principalmente se não existir som no bar.

 

Nessas horas eu costumo usar para refletir. Penso nas mulheres que passaram na minha vida, como vou fazer para pagar minhas contas, a situação do time que torço, o que vou escrever aqui, etc. É uma espécie de terapia gelada servida em garrafa de 600 ml.

 

Observo o garçom do bar falar que uma mulher sentada com um cara do outro lado é prostituta. Ele fala o preço que ele acha que ela cobra e quase saio do meu anonimato com uma gargalhada, pois nem se ela me pagasse o triplo que o cara falou eu a encararia.

 

Do outro lado o dono do bar reclama com um cliente sobre a situação do Palmeiras e eu sorrio de satisfação com a desgraça alheia. Sou o renegado de uma família predominantemente verde e branco então me divirto vendo a desgraça do time do Parque Antarctica.

 

Do meu lado três pessoas conversam. Tento descobrir o que eles falam em volume tão alto, mas é impossível. Eles falam em algum dialeto mistura de cearense, latim e aramaico. Definitivamente não entendi uma palavra sequer.

 

Vejo trabalhadores ficarem mais de uma hora jogando em máquinas caça-níqueis inutilmente, para depois reclamar com o garçom que por muito pouco não conseguiram o prêmio. Como se isso fosse um consolo para perder uma grana que possivelmente ele deve se ferrar o dia todo para ganhar.

 

Sinto o desconforto de algumas pessoas que se abrigaram da chuva, mas não tem nada a ver com o ambiente. Elas parecem tão deslocadas quanto eu quando entro em uma igreja. Talvez se elas deixassem o preconceito de lado poderiam se divertir um pouco. Vejo olhares pecaminosos de alguns peões de obra em cima da filha adolescente do dono do bar, que com seus 13 anos no máximo começa a chamar a atenção.

 

Um boteco é um microcosmo da sociedade, muitos tipos diferentes acabam passando um bom tempo por lá. Gente boa, gente ruim, trabalhadora, vagabundos, etc. A maioria das pessoas tem algo pra contar, procuram um lugar onde se sintam confortáveis. Hoje eu só procurei um abrigo da chuva. Eles ligam a TV, está passando o programa do Datena....é hora de ir embora.

 

Cheers,

 

Hank


 Som do dia: “On a Island” do David Gilmour. Esse novo trabalho do ex-lider do Pink Floyd é muito bom. Não me chamou tanto a atenção quando saiu, mas é o tipo de cd que quanto mais você ouve fica melhor.


 



- Postado por: Hank às 20h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oh Come All Ye Faithful

Acho esse lance de decoração natalina uma coisa muito brega. Eu até acho que uma arvorezinha de Natal não faz mal pra ninguém, mas tem gente que exagera. Vi isso no meu prédio essa semana. Colocaram a porra de um presépio tamanho natural no jardim. Putz, que coisa horrível. Fiquei com as mãos coçando pra fazer alguma sacanagem. Se eu tivesse 20 anos á menos com certeza iria aprontar como fiz no colégio.

 

No colégio tinha um presépio que ficava em frente á diretoria. Por causa de uma aposta eu fui lá e roubei o “Menino Jesus”. Levei pra casa, pintei-o de vermelho e coloquei uns chifrinhos e o coloquei no lugar de volta. Deu um puta bode, rapidamente me tornei uma lenda e esse caso ficou sendo falado por anos depois que saí da escola. Quase fizeram um julgamento do Tribunal da Inquisição, mas não conseguiram colocar as mãos em mim, há, há, há.

 

Perto da minha casa tem uma casa que ganha um prêmio todo ano por causa da decoração de Natal. Acho que é o lugar mais iluminado do bairro (em segundo lugar vem o aeroporto). O cara ganha um carro todo ano, mas deve ter que vender o veículo pra pagar a conta de luz.

 

E para comprar aquele monte de luzinhas de procedência “xing-ling”? O pessoal encara a 25 de Março, que se normalmente já não é o melhor lugar do mundo para passear, no final do ano vira uma versão terrestre do Inferno. Pra quem é de fora, me deixa explicar: Imagine um elevador para 8 pessoas, coloque 25 pessoas dentro dele, agora tente amarrar os sapatos. Imaginou? Pois é, entrar dentro de uma loja na 25 é a mesma coisa. E precisam ver como aquelas donas de casa, com cara de respeitáveis, tornam-se uma espécie de hollingans para brigar por uma oferta. Não é raro saírem na porrada.

 

Depois que o camarada compra sua cortininha de luzinhas coloridas, faz a instalação e provavelmente metade das luzes não irão funcionar. Isso que dá acreditar que aquele monte de palavras em coreano (“vai se foder seu trouxa, compra logo essa bosta”) queria dizer “Tem garantia, pode confiar”.

 

Piada foi o panaca do Hugo Chavez (aquele cara que governa a Venezuela e come o cu do Lula) que proibiu a imagem do Papai Noel mas repartições públicas por causa que no começo do século passado, a Coca-Cola instituiu que o vermelho seria a cor da roupa do “bom velhinho”. Acho que se depender dele o “velhinho” vai usar roupa de general.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Oh Come All Ye Faithful” do CD de Natal do Twisted Sister.




- Postado por: Hank às 09h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Born Into This

Muita gente acompanha meu blog faz um tempão, e não tem a menor idéia de quem foi Charles Bukowski, o verdadeiro "velho safado". Sou fã do cara e gostaria de mostrar um poema dele pra vocês, parte do documentário "Born Into This". Essa é uma amostra do verdadeiro Hank.

BORN INTO THIS - Charles Bukowski

Outro cara que admiro demais, por estar em Hollywood e conseguir fazer o que gosta e quer é o Tim Burton. Ele fez coisas como "Eduardo Mãos de Tesoura", "Batman" ou "Peixe Grande" que são fantásticos. Aqui é um pequeno curta que ele fez em homenagem ao ator Vincent Price, outro ídolo meu.E o mais legal que o poema é narrado pelo próprio Price, em um de seus últimos trabalhos.

VINCENT - Tim Burton

Outra influência muito grande é o Monty Phyton. Grupo de comediantes ingleses que revolucionaram o humor no mundo. Seu trabalho refletiu por exemplo nos EUA (Satuday Night Live) e até no Brasil (TV Pirata). Esse quadro é a razão dos e-mails indesejados serem chamados de SPAM.

SPAM - Monty Phyton  

Cheers,

 

Hank 



- Postado por: Hank às 22h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Short Cuts

Um amigo me disse um dia: “Nunca dormi com uma mulher feia, só acordei”. Ele, um cara bem relacionado, simpático e vocalista de uma banda de blues, vira e mexe, devido ao consumo de álcool nos shows acabou nos braços de alguma mocréia. Uma vez ele “pegou” uma mulher que era um verdadeiro dragão e a convidou sei lá o porquê, para ir no restaurante da família. Quando a mãe dele viu o trubufú, chamou de canto um parceiro de balada dele e perguntou aterrorizada se ela era a “namorada” do filho. Há, há, há. Quando você ouvir um cara falar que nunca ficou com alguma mulher feia, ou no mínimo estranha, é sinal que o fulano é um tremendo cascateiro.

 

Uma vez tinha uma garota muito feia querendo andar com a nossa turma. Era quase uma falta de educação olhar para a cara dela. Por sorte um nobre colega acabou dando uns beijos nela, o que resultou em uma das festas mais malucas que já fui, na casa dela no dia seguinte. Até hoje ele fala: “Se não fosse eu ter tido coragem, vocês nunca teriam ido à festa”, he, he, he.

 

Minha maior mancada foi no casamento de um casal amigo. Eu era padrinho e por acaso a garota que era a madrinha junto comigo (eu estava sem namorada) era uma garota muito estranha. Eu mal troquei 10 palavras com a menina. Na festa eu bebi muito, a ponto de perder totalmente a noção. Anos depois eu soube que havia “ficado” com uma garota muito bonita, mas não lembro disso. O que eu lembro é que eu acordei num apartamento no centro da cidade nu. Olhei para o lado e era a esquisita que estava do meu lado. PQP!!!! Minha cabeça estava explodindo e a única coisa que me passava pela cabeça era sair correndo. Saí de lá mais do que depressa e me vi pegando o Metrô às 10 da manhã usando um fraque amarrotado.

 

O pior é que no dia seguinte o telefone não parou de tocar. Meus “ mui amigos” queriam me tirar um sarro e eu inventei uma história completamente absurda, falando que não havia feito nada com a garota, que havia deixado ela em casa e pego o Metrô de volta pra casa. Eu convenci todos eles.....por 24 horas. Até a tagarela FDP espalhar para todas as amigas dela nossas proezas sexuais. Aí fodeu, não deu mais pra negar e foda-se.

 

Eu acho que beleza é uma coisa muito relativa. Não tenho nenhum problema de sair com uma garota “feia” se ela for legal. Não ligo muito para a aparência, se ela é baixa, alta, magra, gorda, etc. O problema é a garota ser CHATA! Essa é a única coisa que eu não consigo encarar de jeito nenhum. Eu sempre tive sorte com minhas namoradas, só tive azar uma vez, mas como ela era advogada já devia prever isso, há, há, há.

 

Felizmente para mim, a maioria das garotas não reparam tanto na aparência (ou enxergam pior que os homens). Por que se fossem reparar nesse ogro bêbado, estaria fodido, he, he, he.

 

Cheers,

 

Hank

 


Indicação do dia: “Short Cuts” filme do cineasta Robert Altman, que faleceu essa semana, deixando um filmografia maravilhosa.




- Postado por: Hank às 18h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Salve o Tricolor Paulista

Assistir á um jogo de futebol no estádio é uma coisa bem divertida. Claro que em um clássico isso deixa de ser um evento alegre para se tornar muito perigoso, afinal esses filhos da puta das torcidas organizadas (sem exceção) colaboram com a fuga dos torcedores dos estádios.

 

Cheguei ao Morumbi para assistir São Paulo X Atlético PR por volta da uma da tarde. O tempo estava bem nublado, mas logo a garoa passou e o sol abriu, o que me fez ficar tão vermelho quanto a minha camisa do Tricolor. Estávamos em 5 homens, 4 mulheres e 3 crianças e usamos um trailer de cachorro-quente como nosso “acampamento base” para podermos tomar toda a cerveja que poderíamos beber antes de entrar no estádio. Uma das melhores coisas que existe é o pernil da porta de estádio de futebol. Eu adoro e sempre que vou á algum jogo invariavelmente acabo abocanhando esse “manjar dos deuses”

 

Só aqui em São Paulo é proibido beber nos estádios. Isso é uma estupidez cavalar, bolada por algum imbecil que nunca tomou cerveja ou foi no estádio. Gostaria de saber se existe alguma estatística que a violência tenha diminuída nos jogos de futebol por causa disso. Se existe não é divulgada porque na verdade não se diminuiu nada e a violência aumentou e muito. Quem arruma confusão não é o cidadão que vai lá tomar cerveja e sim os bandidos disfarçados de torcedores organizados e esses arrumam confusão com ou sem cerveja.

 

Na entrada do estádio a “autoridade” que foi me revistar implicou com a minha bandeira. Disse que eu não poderia entrar com ela por ser muito grande. Vocês devem estar pensando que minha bandeira era do tamanho daquela camisa gigante que a torcida abre no estádio, mas na verdade é uma bandeira de 2 x 1 m, e sem mastro (já que esses são proibidos). Fiquei imaginando que tipo de ato violento eu poderia praticar com aquela bandeira assassina, mas tive que voltar correndo ao trailer e pedir para guardarem para mim.

 

O Morumbi é um lugar totalmente inóspito para mulheres e crianças. A situação dos banheiros é ridícula e simplesmente não oferece o menor conforto. E sei que por mais patético que pareça é ainda um dos melhores estádios do país. E ainda falam de organizar uma Copa do Mundo aqui.... Só pode ser idéia de algum imbecil querer pensar em algo assim.

 

No estádio eu passei um calor desgraçado. Como pensava que iria chover eu levei uma capa e nenhum boné. Isso somado ao meu bronzeado sueco fez um estrago considerável na minha aparência. Estou com a testa parecendo uma lâmpada vermelha, há, há, há.

 

O jogo em si não foi lá essas coisas, mas o resultado foi o que esperava. Ver a torcida tricolor lotar o Morumbi e gritar “é campeão” é uma coisa muito emocionante. O título foi mais que merecido, pois o São Paulo é o melhor time do país disparado e disso ninguém pode falar nada.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Hino do São Paulo” – Pode até ser na versão do Ultraje á Rigor.




- Postado por: Hank às 17h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Falar o quê???

Falar o quê do atual campeão mundial e do campeão do Brasil?

 



- Postado por: Hank às 00h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Honey, Dont Want a Man Like Me

Essa semana vou colocar algumas coisas que tenho ouvido essa semana. Independente de estilos ou de importância musical. Coisas que são bem legais, mas que vocês dificilmente irão ver na Globo ou em rádios.


HE’S SO GAY – Frank Zappa (1984) – Zappa is God! Ele nessa música usa o máximo do “politicamente incorreto”. A letra é de se esborrachar de rir. Quem quiser conferir clique AQUI. Vou falar mais sobre o Zappa em um próximo post.





ASTRONOMY DOMINY – Voivod – (1989) – O Voivod começou como uma banda de Trash Metal muito tosca, com o tempo acho que as drogas começaram a fazer efeito e conforme eles iam ficando mais malucos o som foi melhorando, até ficarem bem legais. Essa música é o cover de um clássico do Pink Floyd da época do Syd Barret e eu acho que ficou muito bom.






PARABOLA – Tool (2001) – Essa é uma banda que eu gosto muito. Pra mim o que eles fazem é progressivo e mais gente deve pensar o mesmo, pois eles fizeram uma tour com o King Crimson e o baterista tocou nos últimos solos do Adrian Belew. A música deles é bastante complexa e os clips deles sempre são visualmente fantásticos






SUPERMASSIVE BLACK HOLE – Muse (2006) – O Muse eu acompanho a algum tempo. Eles no começo eram bastante comparados com o Radiohead. Aqui no Brasil não são muito conhecidos, mas na Europa eles são banda de primeira linha e tocam como headliners em vários festivais.






Cheers


Hank


“Honey, Dont Want a Man Like Me” é uma música do Zappa. Acho que com esse meu gosto esquisito pra música nenhuma mulher vai mais querer sair comigo, há, há, há.




- Postado por: Hank às 23h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank