} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Face Pollution

Todo paulistano nasce entendendo de duas coisas: Pizza e poluição. A pizza é o prato predileto de 9 entre cada 10 paulistanos e a poluição é algo que já vem impregnado no DNA. Acho que até o esperma de uma paulistano deve ser poluído.

 

Eu vi essa foto que ilustra o post e a primeira coisa que pensei foi: Caralho, onde será que é essa porra? Olhei direito e reconheci que é a região do Aeroporto de Congonhas, ou seja, o lugar exato onde moro e trabalho. É só eu colocar o cabeção para fora da janela para ver essa “linda” paisagem.

 

Chega o final de semana e o paulistano quer fugir da poluição. Pega o carro e vai pra praia, onde o ar é azul, as pessoas vermelhas –camarão e o mar é cinza chumbo, graças á isso, se acabar a gasolina de seu carro você pode colocar um pouco de água do mar no tanque, pois esta tem tanto óleo de navio que o motor é capaz de funcionar perfeitamente.

 

E a poluição visual. Nosso dublê de prefeito inventou uma lei proibindo os outdoors, cartazes, faixas e principalmente fachadas de comércio. Pra quem não é daqui é difícil descrever. Comércios que tinham bonitas placas tiveram que arrancar tudo e no lugar ficou um monte de ferragens expostas, paredes degradadas, janelas quebradas, etc. A poluição visual piorou 1000%. A única coisa mais feia é a avaliação do Kassab.

 

Temos também a poluição sonora. Se você ligar um liquidificador, seu cachorro latir, ou sua filha começar a se esgoelar querendo assistir o RDB é capaz de você levar uma multa por ultrapassar a quantidade de decibéis permitidos. Mas na esquina de casa tem uma igreja evangélica, que deveria se chamar de Igreja Evangélica do Cristo Surdo, pois os FDP berram mais do que torcedor de futebol xingando a mãe do juiz. Isso não é considerado poluição sonora para os nossos vereadores.

 

Em SP também tem uma regiões pomposamente chamadas de “Áreas de Proteção de Mananciais”. O nome é bonito pacas não é? Na teoria seriam locais na beira das represas que abastecem a cidade, onde não seriam permitidas construções para se evitar que a poluição chegasse á represa. E adivinha o que aconteceu? Trocentos loteamentos clandestinos que infestam a área. O governo tem medo de mexer com os “movimentos sociais pró-bosta-na-água” e a água que usamos já vem poluída desde a fonte.

 

Nessas horas eu fico feliz por aqui não ter praia. Se tivesse não ia ser preciso ser nenhum Jesus pra andar sobre água, ia ser um baita Rio Tietê com ondas. Aliás os nossos “rios” paulistanos são uma piada. Deviam mudar a denominação deles, senão tudo quanto é moleque paulistano vai crescer achando que rio é um troço cheio de um troço gosmento  preto, que cheira bosta e não tem peixes nem vegetação. O mais curioso é que algumas capivaras vivem na margem do Rio Pinheiros, provando que esse bicho não passa de um “ratão fermentado”.

 

Quando saio de SP e respiro fundo quase tenho intoxicação por ingestão excessiva de oxigênio. Isso que dá tentar respirar em um local que não dá pra ver o ar, pois na Capital o ar é tão pesado que dá quase pra pegar.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Face Pollution” do Soundgarden.




- Postado por: Hank às 21h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Faça a Coisa Certa

Li uma entrevista na BBC que me deixou muito puto. Foi com a ministra Matilde Ribeiro, titular da Secretaria Especial de Política da Promoção da Igualdade Racial (Seppir), que diz que considera natural a discriminação dos negros contra os brancos. Segundo ela "A reação de um negro de não querer conviver com um branco, eu acho uma reação natural. Quem foi açoitado a vida inteira não tem obrigação de gostar de quem o açoitou".

 

Sra. Ministra, gostaria solenimente, que a Sra. usasse esse discurso cretino e o enfiasse no rabo. É um absurdo um argumento desses, isso só tem uma palavra: RACISMO. Como é que colocam uma pessoa para tratar de política racial que usa argumentos dignos da Ku Klux Klan? Isso é uma vergonha.

 

Eu tenho dezenas de amigos negros e nunca tratei nenhum deles diferente do que trato qualquer outra pessoa. Para mim a cor da pele é tão significante para qualificar uma pessoa quanto, por exemplo, a cor dos olhos. Filhos da puta tem de todas as cores, nacionalidades, religiões e alguns deles conseguem inclusive altos cargos no governo.

 

Devido á esse meu convívio já fui expulso duas vezes de recintos em que entrei  acompanhado desses amigos. Eu não fiz absolutamente nada, apenas por ser branco se recusaram a vender cerveja ou me vender um salgadinho. Saí de lá revoltado, não com uma raça, mas com gente babaca de mente pequena e muito mais triste pelo constrangimento que meus amigos passaram, pois foram reprimidos por estarem “andando com um branco”.

 

Acho estupidez falar em “açoite”. Meus antepassados não açoitaram ninguém. Meus bisavós nunca tinham visto um negro na vida antes de pisarem no Brasil, por volta de 1930. Se ela está me julgando por causa da cor da minha pele, qual é o nome disso? Deixa ver se lembro....aaaaaaa...é RACISMO.

 

Assim como existem brancos babacas racistas que merecem CADEIA, existem negros babacas racistas que merecem a mesma pena. É lamentável uma atitude. Qualquer atitude discriminatória baseada em cor da pele é CRIME. Uma ministra deveria saber disso mais que qualquer um. A partir do momento que ela acha normal que determinada raça possa odiar a outra é um discurso digno dos feitores de escravos, dos cretinos que criaram o apartheid  e era um argumento normalmente usado na Alemanha nazista.

 

Ainda bem qua a maioria das pessoas não pensa como essa senhora, pois  senão aqui correria o risco de virar uma África do Sul. O que me espanta é como uma pessoa dessas consegue chegar num cargo desses. Só que isso é um reflexo da situação do país, onde as pessoas mais despreparadas ocupam lugares chaves.

 

Fuck You

 

Hank

 


Dica do dia “Faça a Coisa Certa” do cineasta Spike Lee. Esse é um filme emblemático, que fala de racismo de vários ângulos. Um clássico.




- Postado por: Hank às 19h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




A Day's Work

Estava checando na minha agenda e caí numa página que nunca me havia chamado a atenção anteriormente. Era dedicada á “Datas Comemorativas”, onde mostra a criatividade dos nossos políticos, que com sua falta de senso de ridículo, aprovam essas datas nos nossos calendários. E depois ostentam orgulhosamente esses projetos aprovados como sendo de interesse público. Alguns exemplos:

 

Dia 09/01 – Dia do Astronauta. Queria saber o que o cara que inventou esse dia tava na cabeça. Temos no Brasil pelo que eu saiba um único astronauta, então ele tem um dia só pra ele. Será que ele era fã do personagem do Maurício de Souza? Se fosse isso ele recebe homenagem dupla, pois o dia 30/1 é o Dia Nacional dos Quadrinhos.

 

Hoje (26/01) por exemplo é o Dia do Cacau. Como vai ser a comemoração? Vão organizar excursões para todo mundo cantar parabéns em frente de um pé de cacau? Ou vão distribuir chocolate de graça nas escolas? Em 10/03 foi o Dia do Sogro e em 28/04 o Dia da Sogra. Já consegue se ver mandando presentinho para eles? Uma bomba-relógio, por exemplo.

 

No dia 24/05 é o Dia do Detento. Vai ser um pouco complicado para eles irem á alguma comemoração externa. Desconfio que ninguém recebe os parabéns por esse dia. Você acha que vai lá e chega pro Marcola ou o Beira-Mar e fala: “Parabéns pelo dia do detento!”?

 

No dia 26/04 é o Dia do Goleiro. Comemora-se com uma farta refeição á base de frango. E o dia 15/05 que é o Dia do Gerente Bancário. Uma das profissões que são mais esculhambadas do que o goleiro no dia que engole um peru. Não conheço uma pessoa sequer que não odeio seu gerente de banco.

 

O dia 22/09 é o Dia do Amante, o popular Ricardão’s Day. Os amantes vão reivindicar armários mais espaçosos, colete a prova de balas para se proteger dos tiros dos maridos traídos e descontos para compra de viagra.

 

Temos em 06/09 o Dia do Barbeiro. Profissional que não vejo á anos e que está catalogado como espécie em extinção pelo IBAMA. Numa época que ninguém faz mais barba no barbeiro ou compra maquininhas de cortar cabelo por 15 pratas os barbeiros estão cada vez mais escassos.

 

No dia 30/11 é o Dia do Síndico. Saca aquele chato que te manda uma multa porque você estacionou o carro no lugar errado, que te enche o saco por estar usando filtro solar na piscina do prédio e te olha meio torto quando faz uma festinha em casa? Até ele tem o seu dia.

 

Esses são apenas alguns exemplos, pois tem o Dia do Operador de Telemarketing, Dia do Instrutor de Auto-Escola, Dia do Palhaço, Dia do Vizinho, Dia do Solista, etc. Proponho então o Dia do Caralho a Quatro, em que comemoraríamos mandando todos os criadores dos projetos acima tomar no rabo.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “A Day’s Work”, banda holandesa que tive o prazer de conhecer quando apresentei o programa de rádio. Essa banda foi convidada recentemente para abrir os shows da nova turnê do Marillion.




- Postado por: Hank às 11h41
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O Túnel do Tempo

Eu estava conversando com uma amiga e ela me disse que achava que tinha nascido na época errada e gostaria de ter nascido nos anos 50 / 60. Eu disse pra ela que eu estava feliz por NÃO ter passado minha adolescência nos anos 60.

 

Muitas vezes a gente vê filmes e documentários de uma certa época e “douramos” demais essa época. Eu por exemplo adoro Rockabilly, mas meu senso de ridículo não permite que eu ande por aí fantasiado de Elvis.

 

Nos anos 60 tinha uma efervescência cultural, mas ela era lá fora. Aqui não chegava porra nenhuma. Se você queria comprar um LP tinha que importar e pagar uma grana alta, pois as gravadoras só lançavam o básico do básico. Aliás você nem ficava sabendo direito o que rolava lá fora, pois revistas só chegavam depois de seis meses. TV só tinha uma meia dúzia de canais com programação pra lá de capenga.

 

Como não chegavam nada os picaretas pegavam sucessos que rolavam lá fora e colocavam umas letras mequetrefes em português. Aí o pessoal achava que era composição deles e os idolatravam. Graças á isso tem gente que acha que a Jovem Guarda era o máximo, quando na verdade só faziam versões capengas.

 

Sexo era uma coisa complicada. Lógico que rolava, mas como não tinha pílulas, para engravidar era bem fácil. E o pior eram as doenças venéreas que rolavam solto, como por exemplo a gonorréia, que era bem normal. Os antibióticos para tratamento dessa doença foram desenvolvidos tardiamente. Antigamente o tratamento consistia de pegar o pau do cara e enfiar uretra adentro um caninho serrilhado para fazer uma dolorosa “raspagem” interna do cacete. Só de pensar nisso meu pau entra em pânico.

 

Fizemos uma Copa do Mundo péssima em 66, campeonato esse que foi vencido por um time medíocre e não deixou saudade. Meu time, o São Paulo estava construindo o Morumbi e passou uma década sem ganhar nada. Teria sido um saco agüentar gozação de meus amigos Santistas.

 

Nos anos 60 tinha a repressão. Não podíamos, por exemplo, mandar o Castelo Branco se foder nem chamá-lo de ladrão, pois caso isso acontecesse com sorte você seria apenas torturado e pegar uns seis meses de cana. Se tivesse azar você seria convidado para um curso de jardinagem onde sua primeira e única lição seria estudar as plantas por baixo da terra.

 

Por essas e outras que acho que os “Anos Dourados” não foram tão brilhantes assim. Se esses anos eram tão perfeitos porque a máquina do “Túnel do Tempo” (seriado famoso na época) vivia quebrada e nunca conseguia trazer os viajantes de volta, he, he, he.

 

Cheers

 

Hank

 


Indicação do dia: “O Túnel do Tempo” – Taí um seriado que eu curtia bastante e sempre quando passa uma reprise eu dou uma conferida e ainda acho legal.




- Postado por: Hank às 17h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




I Can’t Make It On Time

Li um artigo muito interessante a respeito da falta de tempo do mundo moderno. A autora fala sobre um caso onde um cara deixa seu celular do lado da cama para receber mensagens e e-mails enquanto faz sexo. Aí já é demais, beira o ridículo, pois imagine a situação: O camarada está lá em cima da namorada, aí ouve um sinal de e-mail, vai ver e é o boletim do Humortadela. Não dá né?

 

Cada vez mais as pessoas estão fazendo mais  e mais coisas simultaneamente. Ontem por exemplo, eu gravava um DVD no micro, dava umas espiadas em um jogo de futebol na televisão e terminava de ler um livro. Acho que estamos passando por uma síndrome que batizei com “Síndrome do Multi-Homem”, em homenagem ao personagem “Os Impossíveis”.

 

Ninguém mais pergunta de você faz alguma coisa direito. Querem saber quantas coisas meia-boca você consegue fazer ao mesmo tempo e a quantidade supera de longe a qualidade. Se você vai a uma entrevista de emprego para auxiliador de escritório tem que falar que manja tudo de Word, Excell, contabilidade, departamento pessoal, telemarketing, atendimento ao cliente, T.B.A. (Técnicas de Bajulação Avançadas), todas as posições do Kama-Sutra, a escalação do time do juvenil do Flamengo de 1937, conseguir cantar todas as músicas do Roberto Carlos e ainda falar inglês, francês, javanês, latim, hebraico, esperanto e nordestino. Tudo isso pra ganhar a fortuna de R$ 650,00.

 

Os celulares são a versão moderna do canivete-suíço. O canivete custava uma baita grana e com várias funções inúteis e você só o utilizava para descascar laranja. O celular é a mesmíssima coisa, pois tem gente que vê quantas coisas o celular faz e gasta uma grana alta  para ter o modelo XYZ que frita hamburger via microondas, só que o cara só é vegetariano e não come carne, então só usa o telefone pra falar mesmo.

 

Hoje é o seguinte: Você tem que trabalhar como um burro de carga para ter dinheiro para “teoricamente” tem uma vida mais confortável. O problema é que você ganha o dinheiro e não tem tempo de gastá-lo, pois é mais difícil de sair de férias, isso quando não tem alguma palestra chata para ir, quando você poderia estar passeando com a sua namorada. Pra mim a melhor definição de linhas paralelas é meu relacionamento TEMPO X DINHEIRO, pois são duas linhas que andam lado a lado e nunca se cruzam, ou tenho um ou tenho outro, nunca os dois ao mesmo tempo, he, he, he.

 

Eu adoro o ócio. Adoro tirar aquele cochilo sem culpa no domingo á tarde durando um jogo de futebol chatíssimo. Gosto de às vezes colocar um CD de punk rock para escutar, justamente para não ter que pensar muito em harmonias complexas. Gosto de comer um tradicional arroz com feijão, bife e “zóião”. Prefiro beber no boteco do lado de casa do que em um barzinho bacana do outro lado da cidade. Adoro não fazer nada.

 

Cheers

 

Hank

 


Som do dia; “I Can’t Make It On Time” do Ramones



- Postado por: Hank às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank