} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Hotter Than Hell

A mídia em geral tem a mania de pegar algum tema e explorá-lo ao máximo do intolerável, até que você não agüente mais ouvir falar no assunto. Cito três exemplos atuais que fujo de qualquer jeito: Jogos Pan-americanos, visita do Papa e aquecimento global. Dos três assuntos, apenas o aquecimento que merece algum comentário.

 

Acho engraçado como o lance do aquecimento é algo que ouço falar desde que era garoto e nos últimos meses parece que virou novidade. Parece que tudo gira em torno do assunto: combustíveis, poluição,  etc. Chegou-se ao ridículo de uns caras no Reino Unido estudarem um jeito de fazerem as vacas arrotarem menos, pois segundo eles é um dos responsáveis pelo aquecimento.

 

Segundo os estudos, uma vaca arrotando libera gás metano que é muito mais prejudicial á camada de ozônio que o dióxido de carbono. Shame on you, Mrs. Mimosa. Ainda bem que ninguém teve a idéia de dar Coca-Cola para as bovinas, senão o planeta já estaria extinto, há, há, há.

 

O nosso adorado feijão não é tão maravilha mais. Segundo estudos, devido ao seu efeito flatulento ele também é responsável pelo aumento do aquecimento global. Se é culpa dos peidos que sou abrigado a gastar uma nota preta de filtro solar então vou pedir reembolso para um amigo meu, que deve ser responsável pelo buraco que fica sobre São Paulo. O cara é uma verdadeira arma química.

 

Daqui a pouco vão falar que a culpa do aquecimento global é da liberação de vapor de dentro dos pastéis de feira. Não duvido que já estejam fazendo uma séria pesquisa á respeito, afinal normalmente essas pesquisas são bancadas com dinheiro público mesmo...

 

Um dia desses a cantora Sheryl “Dirty Ass” Crow, falou que para sermos ecologicamente corretos deveríamos “usar apenas um quadradinho de papel em cada visita ao banheiro”. Acho que ela nunca mais vai receber sexo oral depois dessa declaração.

 

São tantas teorias estúpidas e fórmulas milagrosas para frear o aquecimento que me deixam de saco cheio para o assunto. O negócio é básico: Enquanto EUA, Japão e China não se comprometerem a emitir menos gases poluentes não vai adiantar nada andar com o rabo sujo ou dar Luftal para as vacas.

 

 

Essa semana esse blog entra sua “quarta-temporada” (sem tirar de dentro) Há, há, há. Olhei alguns postes antigos e cheguei a conclusão que não melhorei nem um pouco e meus textos continuam a mesma porcaria de sempre, mas que pelo menos me divirto e para minha surpresa ainda tenho alguns leitores fiéis. Por isso a partir do dia 16 vou publicar 10 textos antigos, que é uma boa desculpa pra não ter que usar a cabeça pra escrever algo novo, he, he, he.

 

Devido á alguns problemas tenho estado um bocado ausente dos blogs amigos e não tenho entrado no MSN. Acho que após a “retrospectiva” já volto com a corda toda.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Hotter Than Hell” do Kiss. Acho que eles também são culpados pelo aquecimento global por usaram tanta maquiagem, he, he, he.




- Postado por: Hank às 17h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Fradim - O Papo

Henfil era FODA!!!!

Cheers,

Hank



- Postado por: Hank às 20h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Don't Need Religion

Não agüento mais ouvir falar da visita do Papa ao Brasil. Que saco, como é que tem gente que dá bola pra um cara de 80 anos que usa vestido e chapéu de burro? O cara sai de lá do Vaticano, onde enche o saco só dos italianos, pra vir se hospedar no centro de SP, bloquear duas estações de metrô e algumas das principais vias da cidade.

 

É uma papagaiada em volta do sujeito que é foda. Vamos ver esses dias a paparicação degradante de nossos políticos e figuras públicas. O cara corta as verbas dos hospitais, fode a previdência social e os aposentados e depois dá um beijo naquele anel todo babado do Papa e se sente purificado pra começar a aprontar tudo de novo. Alias, imaginem como essa porra de anel deve ser nojento?

 

Vejo matérias sobre o vinho do papa, a cadeira do papa, o carro do papa, a cama do papa, só não vi nada ainda sobre o papel higiênico do papa. Eu aposto que vai ter neguinho guardando a tampa de privada do velho como recordação da “santa cagada” do velho. E como é que eu posso respeitar um cargo que foi “homenageado” pelo Engenheiros do Hawaii?

 

O tempo está fechado, garoando, frio e vão juntar milhares de velhinhas á céu aberto para assistir as missas do “Santo Chucrute” . Aposto que tem um monte dessas pessoas que acham um absurdo ir á shows de rock na mesma situação. Eu conheço até uma “roadie” do Padre Marcelo, he, he, he.

 

A Igreja virou uma “fábrica de santos”. Me faz lembrar aquele slogam dos anos 70: “Onde a Arena vai mal, um time no Nacional”, onde o partido governista inchava o campeonato brasileiro de futebol com clubes, para fazer média com as bases. Como a Igreja Católica está perdendo terreno para os Pentecostais, eles fabricam um santo e a galera vai ao delírio. Como esse Papa tem o carisma de um pepino azedo até já descolaram uns “milagres” pro Papa anterior, assim ele vira santo e vão conseguir faturar ainda em cima do cadáver papal.

 

Achei espetacular a declaração de um importante membro da cúria que falou ontem que a culpa do aumento do número de abortos entre adolescentes é do governo por distribuir camisinhas. Será que ele não sabe que se a camisinha for utilizada adequadamente não haverá concepção? Taí, essa é uma declaração pró-aborto, pois se a mãe dessa anta tivesse feito um aborto antes dessa besta nascer, não teria que ouvir uma asneira desse porte.

 

Eu tive educação católica. Lembro-me que eu tinha 12 anos e não havia feito a primeira-comunhão. Minha mãe então me obrigou a ir nas aulas. Eram dois meses em que todo sábado eu ficaria ouvindo aquela ladainha inútil. Fui no primeiro dia e cabulei os outros e ia jogar bola no campinho. Quando fui na última aula antes da “formatura” o padre falou que eu não ia poder fazer a comunhão porque não havia ido as aulas. Fiz um escândalo, falei que minha mãe ia me espancar e ia ser culpa dele, blá, blá blá e meu “171’ colou, assim consegui fazer a comunhão. Crisma? Nem a pau. Pouco tempo depois virei “ateu praticante e juramentado” e só entro em igreja em casamentos e olhe lá.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “Don’t Need Religion” do Motörhead.




- Postado por: Hank às 11h25
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




São Paulo, São Paulo

Esse final de semana rolou em SP a tal “Virada Cultural”, onde  são apresentadas 350 eventos musicais, teatrais, circenses, danças, etc. Hoje todo mundo está horrorizado com a violência do evento, onde mostra policiais dando tiros de borracha no pessoal durante o show dos Racionais, mas foi algo isolado, apesar que poderia ser perfeitamente evitado.

 

O grande problema do evento é a megalomania. É gasto em apenas um dia de evento cerca de 33% do orçamento para a cultura no ano inteiro. Vejo um gasto desnecessário em colocar eventos ás 4 da madrugada, acho que poderiam ser feitos tranqüilamente durante o dia, onde teriam muito mais público.

 

A BURRICE que culminou na confusão toda é que colocar um grupo como o Racionais para tocar de madrugada em plena Praça da Sé. O pessoal chegou bem mais cedo e pra matar o tempo logicamente beberam pra caramba. Chega o show,  música metendo a boca “nos polícia” (sic), aí começaram a jogar coisas nos policiais e estes também sem nenhuma noção, foram para o revide. Qualquer imbecil poderia prever isso, menos o pessoal da Prefeitura. Se fizessem o show em um local mais afastado, em algum parque, onde o acesso seria controlado e em um horário mais digno, isso nunca teria ocorrido.

 

Engraçado que fui ao palco onde as bandas punk Cólera, Inocentes, Ratos de Porão e Garotos Podres e foi um dos shows mais tranqüilos que presenciei. Não vi nenhuma confusão ou briga e tinham milhares de punks no local. Muitos até levaram os filhos para ver o som que escutavam quando moleques. Vinte anos atrás um show com essas bandas era sinônimo de confusão, só um louco varrido iria pra uma roubada dessas. O tempo fez muito bem para o pessoal.

 

Um ponto que eu achei muito engraçado é que em todos os palcos tinha umas faixas da secretaria, onde estava escrito “SECRETARIA DE MUNICIPAL DE CULTURA”. Como é que um evento ligado á cultura tem um faixa com um erro de português tão ridículo? Não tem um condenado pra passar uma tinta antes de instalá-las? Isso a lei cidade limpa não vê né? E faltaram banheiros químicos, que só existiam em alguns lugares. O evento foi batizado por um amigo como “Mijada Cultural”.

 

Não gostei do Linup das atrações. O imbecil que escolheu as bandas de rock pelo menos é um ignorante. Como é que o cara escolhe só bandas velhas? A mais nova tinha 25 anos e não lança nada novo a pelo menos á 10. Ridículo, pois existem tantas bandas novas no underground e que mereceriam ser representadas. É por essas que eu não me envolvo mais com música, sempre existem umas panelinhas nojentas, que privilegiam sempre “os mesmos”. E isso não aconteceu só com rock não, acho que rolou com outros estilos.

 

Tomara que o pessoal aprenda com as cagadas dessa edição, para que pelo menos não role tanta confusão como as que ocorreram dessa vez.

 

Cheers,

 

Hank


Som do dia: “São Paulo, São Paulo” do Premê. Uma banda muito legal, que tenho todos os discos e assisti ontem depois de anos, na Virada Cultural.


 



- Postado por: Hank às 11h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




King For a Day, Fool For a Lifetime

A escolha desse título, nome de um disco do Faith No More (Rei por um dia, bobo para a vida toda) caiu como uma luva para batizar esse post, pois isso se aplica exemplarmente ao “rei dos pernetas” Roberto Carlos, no caso da apreensão de todos os exemplares de sua biografia, escrita pelo historiador Paulo César de Araújo.

 

Pra quem não acompanhou o caso desde o começo o que rolou foi o seguinte: O escritor, grande fã do “rei” resolveu fazer uma biografia. Pelo que li, é um livro bastante favorável á imagem do cantor, imagino que até deve ser tão chato quanto às músicas do homenageado. O fato que o “rei do plágio” deu uma entrevista falando textualmente “Não li e não gostei”. Entrou com um processo em cima do autor e da editora e essa semana foi determinado que todas as cópias fossem destruídas.

 

A justiça nesse caso agiu como verdadeiros fãs do “músico”. Foram altamente parciais e optaram pela “opção nazista”, ou seja, queimem-se os livros. Isso abriu um precedente perigosíssimo, pois qualquer pessoa que escreva algo que a outra não goste vai poder fazer a mesma coisa. O correto seria processar o autor, caso esse tenha escrito algo que seja calúnia, que seja julgado e que cumpra a punição. A partir dessa data só serão aceitas biografias que falem apenas os pontos positivos do biografado.

 

RC não leu o livro, tenho dúvidas se um dia ele já tenha aberto um, quanto mais chegado ao fim de qualquer coisa. Seu início de carreira foi adaptando sucessos americanos e fazendo versões nacionais como se fossem suas. Muita gente acha que músicas como “Calhambeque” foram compostas por ele, h, há, há. A Jovem Guarda era uma fraude. E nessa época a ditadura caia de pau na classe artística e em momento algum ele tomou algum partido, fingiu que não era com ele e pronto. Agora vemos que ele já gostava de uma censurazinha.

 

Mais tarde sua carreira foi marcada por diversas acusações de plágio. O pessoal mandava músicas para ele gravar, só que ele ia lá e colocava no nome dele. Quem bancasse o processo contra ele e a gravadora tinha o nome reconhecido depois de alguns anos. Muita gente desistiu no caminho, outros fizeram acordos e ganharam um bom troco.

 

Um dos melhores artigos que li sobre o assunto foi escrito, vejam só, pelo Paulo Coelho. O cara detonou o “rei” e a editora, que por sinal é a mesma que publica seus livros. Ele fala com propriedade de que desde que publicou o primeiro livro tem levado paulada de todo mundo (eu me incluo nessa), mas que ele acha que é parte do jogo e nunca vai perder um segundo do tempo dele pra bancar um processo. Senti firmeza no cara (mas isso não vai me fazer ler nenhum livro dele não, he, he, he).

 

Fico com pena de quem poderia ler e gostar do livro e de quem poderia ler e odiá-lo, só que mais deprimente é quando não se tem nem sequer a oportunidade de ler para se ter uma opinião. Só me fez constatar que o RC além de não ter pé, não tem cabeça.

 

Cheers,

 

Hank

 


Som do dia: “King for a Day, Fool for a Lifetime” do Faith no More.




- Postado por: Hank às 21h19
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank