} // mmLoadMenus() Notas do Velho Safado - By Hank - Quinta "Rodada"


Raw Meat

Eu já vi mulheres se darem bem em muitas áreas que por muito tempo foram consideradas masculinas. Já vi mulheres pilotarem carros de corrida, mulheres bartenders e até lutadoras de boxe. Nessas olimpíadas nossas atletas tiveram muito mais destaque que os badalados marmanjos, que refugaram. Só que tem uma coisa que pra mim entra naquela categoria de que ninguém nunca viu, como “cabeça de bacalhau”, “enterro de anão” ou "Título de Libertadores do Corinthians": É mulher fazendo churrasco.

Não estou falando daquela que vai lá e vira um bife de picanha de vez em quando. Estou falando de escolher a carne, meter a mão no saco cheio de carvão. acender a churrasqueira,  cortar, temperar, cuidar da carne no meio da fumaça, etc, como todo churrasqueiro “profissional juramentado” faz.

Toda turma tem um ou dois churrasqueiros, que em todos os eventos incorpora sua tendência neandertal e como na época dos homens da caverna repetem ritualisticamente ações de assar carne no fogo.

Essa semana eu estava em um churrasco e uma amiga cismava de ficar palpitando para o “amigo-churrasqueiro”. Esse meu amigo então foi perdendo a calma, até que mandou ela andar e sumir de perto da churrasqueira, foi hilário. Aí tentei lembrar de alguma mulher que fazia o papel de “amiga-churrasqueira” e não lembrei de nenhuma.

Perguntei para todos meus amigos se conheciam alguma mulher churrasqueira, e entre eles tinha um gaúcho genuíno. Não lembraram de nenhuma. Perguntei para as mulheres, que depois de me chamar de “machista” e outros adjetivos semelhantes, não lembraram de nenhuma amiga ou conhecida.

Aí começaram a especular as razões: Segundo algumas, mulheres não fazem churrasco por causa da fumaça, que deixam as roupas e cabelos defumados. Aí eu disse que lutar boxe é muito pior e um monte de mulher disputa. Elas ficaram mais putas ainda.

O engraçado é que apesar delas não chegarem á três passos da churrasqueira, como se aquela arca preta de metal fosse radioativo, são as pessoas que mais dão palpite no churrasco: Se está saindo “mal-passada” elas reclamam que não está “ao ponto”, se sai “ao ponto” querem “bem passadas”, se está desse jeito querem “mal passadas”. É quase impossível agradar

Juro que não é sexismo, é apenas curiosidade, o que acontece? Fazer churrasco é mais difícil que pilotar um carro de corrida? É mais desconfortável que lutar boxe? Com certeza não. Acho que deve ser alo a ver com testosterona ou genética, he, he, he.

Alguma sugestão?

Cheers,

Hank


Som do dia: “Raw Meat” do Fish.

UPDATE: Um amigo me mandou por e-mail suas teorias e eu não podia deixar de postar. Valeu Nilsão!

1 -  Elas não gostam de enfiar a lenha no buraco.
2 -  Elas não gostam de ver colocar o alcool ou gel no meio da lenha.
3 -  Elas detestam esperar ver aquele buraco aberto esquentar
4 -  Quando o buraco pega fogo não sabem o que fazer
5 -  Detestam colocar o espeto
6 -  Não sabem como colocar a linguiça
7 -  Não entender aqueles tampinhas que damos na carne para tirar o sal de excesso
8 -  Não compreende a combinação enfiar a carne na brasa e tomar uma cerveja ao mesmo tempo, como se fosse um orgasmo
9 -  Não sabem a hora de dizer que esta no ponto para comer
10 - Principalmente quando alguns amigos gostam de comer ela sangrando
11 - Não tem diferença entre um churrasqueiro e um ginecologista, sempre esta ali cheirando para ver se não passa do ponto.

 



- Postado por: Hank às 08h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Get me Outta Here

 Existem vários tipos de chatos. Tem aquele que você pergunta se está tudo bem e ele explica. Tem o que te encontra no boteco, te dá um tapão nas costas que derruba sua cerveja e ainda fala cuspindo. Tem os operadores de telemarketing que tentam te empurrar um novo plano de celular e tem o pior de todos, o João Gilberto.

No dia que dicionário tiver fotos, do lado do verbete “Chato” vai ter a foto do João Gilberto. E no dia que tiver som vai ser bossa nova, há, há, há. Não vejo a hora de passar essas comemorações dos 50 anos desse maldito estilo musical. Eu vejo essa babação da imprensa em cima desse mala e sinto vontade de vomitar. São jornalistas “sérios” agindo como pré-adolescentes em shows do Menudo ou RDB , escrevendo com uma isenção digna de blogs dessas meninas estúpidas que escrevem em linguagem cifrada. Se o João Gilberto parasse na beira do palco e arriasse a calça ia ter fila pra jornalista chupar o pau dele (e ainda falar que nunca tinham visto um pinto tão grande).

Eu tenho um gosto musical muito “sui generis”, eu confesso. A grande maioria dos meus amigos mais próximos não me entende. Acham que sou maluco por gostar de alguma banda indie do Canadá, uma banda punk da Suécia, uma banda de rock progressivo da Hungria e não gostar de Led Zeppelin, há, há, há. Só que pra mim chato é chato.

No verbete chatos, tem outros caras que mereceriam destaques: No ambiente esportivo ia ser uma competição e tanto: Galvão Bueno, Luciano do Vale, Kajurú, Chico Lang, Arnaldo César Coelho, Caio, só pra começar....Graças á essas pessoas eu redescobri o prazer de ouvir futebol no rádio. Sem contar os jogadores como o Kaká. Joga pra caramba mas ouvir uma entrevista dele é foda.

E os chatos políticos: Suplicy, Alckimin, FHC, Serra, Maluf, Kassab, e mais uma centena deles. O horário (ou hilário) político está aí para confirmar. O Lula apesar de tudo não é chato: Ele irrita demais para dar tempo de ficar entediado.

Mas os piores mesmo são os chatos de bar. Eu freqüentava um boteco que tinha um cidadão que vira e mexe aparecia por lá. Ele era metido a entender e palpitar sobre todos os assuntos. Ele chegava e era um tal de todo mundo pedir para fechar a conta. O dono do bar ficava puto quando ele aparecia por lá, e chegou inclusive a expulsá-lo de lá algumas vezes, mas como todo chato de primeira linhagem, no dia seguinte ele estava lá de novo.

O chato-mor não é aquele cara que aparece no churrasco de bicão com uma caixa de Bavária. Ele chega com uma caixa de Bohemia, a melhor cerveja da festa pra ninguém falar nada. Aí ele ataca o povo.

Agora imagine um cara com a eloqüência do Suplicy, a voz do Galvão Bueno, a cara do Maluf,e corinthiano / flamenguista. Esse “frankestein” não seria páreo para um João Gilberto. He, he, he.

Cheers


Hank


Som do dia; “Get me Outta Here” do Jets.



- Postado por: Hank às 07h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Can't Lose

 Essa semana um amigo no boteco me convidou para uma palestra de um candidato á vereador, que iria “gansar” no meu prédio. Fale que só iria se pudesse fazer uma pergunta: “Você é a favor ou contra os puteiros?”. Se ele responder que era contra eu replicaria se ele não tinha vergonha de desempregar a própria mãe.

Outro dia eu estava fazendo compras na feira quando outro candidato apareceu na minha frente oferecendo santinhos. Mandei ele pegar a porra do papel e enfiar no rabo. Tolerância zero com políticos. Apareceu na minha frente eu vou esculhambar sem dó nem piedade. Estou louco para encontrar os candidatos á prefeito.

Eu não tenho a menor ilusão que a democracia vai resolver qualquer problema no país. Antigamente eu era um idiota que acreditava que o povo iria aprendendo com os erros e escolhendo candidatos melhores. Só que o povo acaba sempre escolhendo os mesmos pilantras ou coisa pior ainda. Basta ver quem são os candidatos á prefeito em SP e Rio para comprovar.

Eu só sei que ditadura não funciona e a democracia muito menos. Por isso eu não voto em ninguém.Quando vejo aquela propaganda do pateta esperando para atravessar a linha de trem eu tenho vontade de pegar o diretor do comercial e amarrá-lo nos trilhos.

Talvez os candidatos poderiam ser escolhidos em um reality show. Colocava os caras em uma ilha deserta com alguns suprimentos e quem conseguisse fazer mais coisas na ilha sem roubar a comida dos outros seria eleito. Os outros seriam jogados em um poço para alimentar os jacarés.

Podiam colocar todos os candidatos para fazer vôos em balões de festa, como o padre maluco. Pra ficar mais emocionante o ponto se partida seria Fernando de Noronha e quem sobrevivesse poderia disputar uma eleição.

Outra idéia seria reunir os candidatos em aviões militares e fazer eles pularem de pára-quedas no meio da selva amazônica com um cantil e um canivete (como aqueles dois malucos do Discovery Chanel). Pra ficar mais emocionante, metade dos pára-quedas estariam furados e metade dos cantis com água salgada. Só seria considerável elegível quem chegasse a pé em Porto Alegre.

Uma condição primordial seria que todos os candidatos trabalhassem como “pilotos de prova” em uma fábrica de vibradores. Pois se eles vão colocar na nossa bunda durante quatro anos, pelo menos por uns seis meses eles saberiam como é que nos sentimos quando eles votam aumentos para si próprios.

Acho que poderiam colocar umas coleiras com explosivos no pescoço dos vereadores. Caso eles não cumprissem o expediente das 8 ás 6, cinco dias por semana, a coleira explodiria automaticamente e a cabeça do cara viraria churrasco. Caso algum vereador fosse citado em algum caso de corrupção ele também ficaria sem a cabeça.

Outra competição legal seria fazer uma corrida com os candidatos dentro de uma favela. Os competidores correriam com camisetas com mensagens como: “Eu comi a mulher do Beira-Mar”, “Bandido bom é bandido morto”, “Estupra mas não mata”. No mesmo dia seria disputado o Iº Torneio de Tiro ao Alvo das Favelas do Rio de Janeiro.

Acho que escolhendo candidatos dessa forma pode ser que não impedisse dos pilantras de sempre serem eleitos, mas a concorrência diminuiria consideravelmente, além de ser muito mais divertido. Votar??? To fora.

Cheers,


Hank


Som do dia: “Can't Lose” do We Are Scientists.



- Postado por: Hank às 07h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________






Meu perfil:

Sou Paulista, Paulistano e torço para o São Paulo F.C. Sou desbocado e politicamente incorreto e discuto e não respeito política, religião e futebol sem o menor pudor.

Cerveja e pizza é a base da minha existência.

Ouço basicamente Rock em vários estilos, mas curto um pouco de outros estilos musicais.

 

 

 

The Hank Files:

01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005
16/09/2005 a 30/09/2005
01/09/2005 a 15/09/2005
16/08/2005 a 31/08/2005
01/08/2005 a 15/08/2005
16/07/2005 a 31/07/2005
01/07/2005 a 15/07/2005
16/06/2005 a 30/06/2005
01/06/2005 a 15/06/2005
16/05/2005 a 31/05/2005
01/05/2005 a 15/05/2005
16/04/2005 a 30/04/2005
01/04/2005 a 15/04/2005
16/03/2005 a 31/03/2005
01/03/2005 a 15/03/2005
16/02/2005 a 28/02/2005
01/02/2005 a 15/02/2005
16/01/2005 a 31/01/2005
01/01/2005 a 15/01/2005
16/12/2004 a 31/12/2004
01/12/2004 a 15/12/2004
16/11/2004 a 30/11/2004
01/11/2004 a 15/11/2004
16/10/2004 a 31/10/2004
01/10/2004 a 15/10/2004
16/09/2004 a 30/09/2004
01/09/2004 a 15/09/2004
16/08/2004 a 31/08/2004
01/08/2004 a 15/08/2004
16/07/2004 a 31/07/2004
01/07/2004 a 15/07/2004
16/06/2004 a 30/06/2004
01/06/2004 a 15/06/2004
16/05/2004 a 31/05/2004


 

Blogs que visito:

   Follow You, Follow Me
   Allan Sieber
   A Boa Esposa Pensando Naquilo
   Blônicas
   Celtic Skull Products
   Guto Leite
   Lu Cordeiro
   MATUTO MODERNO
   Menina Apimentada
   Na Palma da Minha Mão
   Olívia
   Paulo Freire
   Poeira Zine
   Popload
   Ricardo Rayol
   Ricardo Vignini
   Sakana
   Sexo, Poesia e Bossas
   Sobre Todas as Coisas
   Tânia
   A Matéria do Sonho
   Sem Meias Palavras
   Lixão de Textos
   Tia Augusta
   Killing Travis
   Xico Sá
   Coisas e Coisas
   Mini Contos Perversos


Contador:

 

 

DIVULGUE

 

 

CONTATO

 

 

XML/RSS Feed
O que é isto?

Template by Hank